Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quinto Constitucional

TRF-5 elege lista tríplice com nomes da advocacia para vaga na corte

Os advogados Silvana Rescigno Guerra Barretto (Pernambuco), Luciano Guimarães Mata (Alagoas) e Leonardo Henrique de Cavalcante Carvalho (Ceará) foram os escolhidos para disputar a vaga deixada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Marcelo Navarro Ribeiro Dantas no Tribunal Regional Federal da 5ª Região. A lista agora será enviada ao presidente Michel Temer (PMDB), que decide quem ocupará a vaga.

O Pleno da corte elegeu a lista tríplice na terça-feira (15/11), em sessão extraordinária. Silvana foi a mais votada, com 13 votos; Mata e Carvalho receberam 8 votos cada um. Além deles, completavam a lista sêxtupla posta em votação os advogados Harrison Alexandre Targino (Paraíba), Juvenal Francisco da Rocha (Sergipe) e Verlano de Queiroz Medeiros (Rio Grande do Norte).

A lista sêxtupla foi escolhida pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil em dezembro de 2015. À época, Silvana recebeu 27 votos, Luciano Guimarães Mata, 26, e Leonardo Carvalho, 25.

Perfis
Silvana é formada em Direito (1999) e pós-graduada em Direito Tributário (2001) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Também cursou o Programa Internacional de Treinamento em Administração Judiciária Norte-Americana pela Universidade da Georgia, EUA (2009). Ela é responsável pela área tributária e aduaneira do escritório Albuquerque Pinto advogados.

Já Mata é advogado desde 1995. Especialista em Direito Eleitoral, foi diretor da Escola Judiciária Eleitoral entre 2011 e 2014. Também foi desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Carvalho cursou Direito (1999) e se especializou em Direito Processual Civil (2002) pela Universidade de Fortaleza, onde também é mestrando.
É membro do Conselho Nacional do Ministério Público, indicado pelo Senado. Lá, preside a Comissão de Acompanhamento Legislativo e Jurisprudência. Com informações da Assessoria de Imprensa do do TRF-5 e do TRE-AL.

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2016, 11h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/11/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.