Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cruzamento de dados

R$ 2,5 bi em pagamentos do Bolsa Família estão sob suspeita, diz MPF

Levantamento feito pelo Ministério Público Federal aponta que R$ 2,5 bilhões em pagamentos do programa Bolsa Família feitos entre 2013 e 2014, envolvendo mais de um milhão de beneficiários, estão sob suspeita de irregularidades. O MPF classificou as suspeitas de irregularidades em dois grupos e enviou os dados ao governo federal no dia 23 de maio. O Executivo tem 30 dias para informar quais providências serão adotadas diante de inconsistências identificadas.

No primeiro grupo, as inconsistências dizem respeito a saques feitos por pessoas já mortas, indivíduos sem CPF ou, ainda, beneficiários com múltiplos CPFs vinculados a um mesmo número de inscrição social cadastrado em banco de dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável Bolsa Família.

No segundo grupo, diz o MPF, foram identificados beneficiários que são, ao mesmo tempo, servidores públicos cuja família declarada tem menos de quatro pessoas, doadores de campanha em valores superiores ao recebido no programa, proprietários ou responsáveis por empresas ativas, e servidores públicos (independente da composição do clã familiar) e doadores de campanha (independente do valor doado).

“Entre 2013 e 2014, e somando-se os valores pagos a título de benefício do Bolsa Família para cada uma das categorias de ambos os grupos, o total pago sob fortes suspeitas de irregularidade alcança R$ 2.5 bilhões, abrangendo aproximadamente 1.4 milhão de beneficiários”, diz o MPF.

Segundo o MPF, as supostas irregularidades foram identificadas a partir do cruzamento dos dados disponibilizados no Portal da Transparência e fornecidos pela própria Secretaria Nacional de Renda e Cidadania (Senarc), pelo Tribunal Superior Eleitoral, pela Receita Federal e pelos tribunais de contas. 

Revista Consultor Jurídico, 30 de maio de 2016, 19h28

Comentários de leitores

4 comentários

A Solução é a abertura de postos de trabalho

Luiz Fernando Vieira Caldas (Contabilista)

O único programa assistencial em que acredito é A ABERTURA DE FRENTE DE TRABALHO. Recuperem a economia, fortalecendo a industria, comécio e serviços. De trinamento ao trabalhador fazendo com que esse sistema "S"(Senai e Senac) cumpram com seus reis objetivos proporcionando treinamentos/atualizações acessiveis ao trabalhador, ao invés de construirem Sedes suntuosas pelo Brasil a fora. A continuar com a bolsa familia, para que essa não seja transfomada em "bolsa voto", a concessão obedecera um tempo DETERMINADO, onde o beneficiado tera um prazo para sair da condição de cidadão de segunda classe. Obviamente, com o devido acompanhamento dos órgãos competentes. É inaceitavel, conceder a bolsa e ponto final. A não ser que o objetivo primordial seja eternizar a dependencia da bolsa familia.

Tudo culpa do FHC

LeandroRoth (Oficial de Justiça)

Tudo culpa do FHC, da mídia golpista e dos EUA, óbvio...

A ideologia esquerdopata parasita

O Trovador (Outros)

Tomara que o governo Temer corrija o Bolsa Família e lhe dê um rumo certo, o que não consigo acreditar. O problema do Bolsa Família é o seu mal gerenciamento dolosamente praticado. Este programa social só teria dado certo se, desde a sua efetiva implantação, o número de beneficiários diminuísse consideravelmente ou tivesse desaparecido pelo fato de que as pessoas já andariam com as próprias pernas. Porém, de acordo com a ideologia esquerdopata parasita, o que interessa é a quantidade em detrimento da qualidade, ou seja, a cada ano aumenta o número de dependentes do programa e o pior, sem perspectiva alguma de futuro, mas que o petismo esconde quando pega alguns casos raríssimos de ex-dependentes que lograram êxito na vida, colocando-os na sua propaganda política para mascarar a realidade. Falam da exploração capitalista, entretanto, a esquerda nunca conseguiu fazer a igualdade de classes sociais, pois aqueles que detém o poder esquerdista sugam os impostos dos verdadeiros trabalhadores para ficar dando mesada aos baba-ovos ocasionais!!! O que quebrou o Brasil foi a corrupção somada com esse assistencialismo petista bolivariano!!!!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/06/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.