Consultor Jurídico

Direito na Europa

Por Aline Pinheiro

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Primeiro e único

Irlanda tem mais mulheres do que homens atuando na Advocacia

Por 

Há 92 anos, a católica e conservadora Irlanda ganhou a sua primeira advogada do sexo feminino. Hoje, o país pode se gabar de finalmente ter consigo a igualdade entre os gêneros na advocacia. Há, atualmente, mais mulheres na profissão do que homens. São 4.623 advogadas e 4.609 advogados.

Segundo a Ordem dos Advogados irlandesa, a Irlanda é o primeiro país a apresentar esses dados. E não há nenhum outro lugar no mundo em que existam mais mulheres do que homens em qualquer carreira jurídica, disse a entidade.

Na Inglaterra, o número de advogadas deve superar o de advogados em 2017, se a tendência se confirmar. Nos últimos anos, há mais mulheres sendo admitidas à ordem inglesa do que homens.

Para se ter uma ideia, o Brasil tem pouco mais de 847 mil advogados. Desses, 390,8 mil são mulheres e 456,4 mil, homens.

Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico na Europa.

Revista Consultor Jurídico, 16 de fevereiro de 2015, 13h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/02/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.