Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reforço na corte

TJ-RJ empossa 490 novos servidores nesta segunda

A presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargadora Leila Mariano, empossa, na próxima segunda-feira, (23/9), 490 candidatos aprovados no último concurso para os cargos de técnico de atividade judiciária e analista judiciário sem e com especialidades (assistente social, comissário de Justiça da Infância, da Juventude e do Idoso, execução de mandados e médico).

A solenidade de posse será no auditório Antonio Carlos Amorim, no 4º andar do Fórum Central do TJ-RJ (Av. Erasmo Braga, 115, Centro), às 12h. O corregedor-geral da Justiça do Rio, Valmir de Oliveira Silva, também participa da solenidade.

A investidura dos candidatos marca o início do estágio probatório dos novos servidores, que vão passar pelo Programa de Iniciação Funcional (PIF), com duração de 30 dias. Ao todo, são 392 técnicos e 98 analistas judiciários que passarão a integrar o quadro do Judiciário fluminense. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 21 de setembro de 2013, 14h35

Comentários de leitores

3 comentários

Falta muita gente. É uma pífia convocação.

Jose Augusto Vieira Camera (Advogado Autônomo - Tributária)

Sou advogado e estou estarrecido com o esvaziamento que se observa nos cartórios. Não é falta de dinheiro. É falta de vergonha do governador do Rio de Janeiro, um sem noção que jamais trabalhou na vida. Entrou direto para a política sem conhecer a vida e faz tanta barbaridade. A Administração da Justiça Estadual sabe que precisa de gente, mas há uma omissão desrespeitosa com os colegas que atuam e com o cidadão que necessita ser atendido com qualidade. Lamentável tanta economia com essencial e tanto desvio de recurso para enriquecer corruptos.

Números que enganam 2

Jane_R (Comerciante)

Há em aberto mais de 2100 cargos, esse concurso foi homologado em maio de 2012 e sua validade expira, já com a prorrogação, em maio de 2014.
Frente a demanda do judiciário fluminense e o número de regiões que abrange, essa convocaçao é nada.
Concordo com o que diz a colega. Terceirizados e estagiários fazem tudo. Sai mais barato.O desvio de função é gritante!!
Convocações ínfimas, irrisórias...

Números que enganam...

Aline Correia (Advogado Autônomo)

É curioso como o TJRJ enche a boca ao falar das medíocres convocações de servidores concursados que realizou até então. Medíocres, irrisórias, paupérrimas, sobretudo diante do alto número de vacâncias nos cargos de ANALISTAS sem e com especialidades. Esses são os cargos para os quais se exige nível superior dos candidatos, mas cujas funções têm sido escamoteadamente exercidas por técnicos judiciários (cargo para o qual não se exige nível superior e cuja remuneração, por óbvio, é inferior), em nítido desvio de função. Fora isso, há estagiários praticando ato de servidor e, ainda correm boatos, de que até funcionários da Guarda Municipal exercem a função de Oficial de Justiça (cargo este para o qual não se realizava concurso havia 8 anos!!!) Não se deixe enganar: O Judiciário fluminense está longe de querer resolver o caos na primeira instância com essas convocações para lá de mixurucas. Você, cidadão, continuará com seu processo parado por anos a espera da juntada de uma simples petição. Boa sorte!

Comentários encerrados em 29/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.