Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Espelho do mercado

Chambers lista melhores escritórios do Brasil de 2013

Por 

Nesta quarta-feira (11/9), a Chambers and Partners, lança, em São Paulo, seu guia sobre o mercado de serviços legais na América Latina, o Chambers Latin America Guide (confira abaixo o ranking, que a revista Consultor Jurídico obteve com exclusividade). O evento no Hotel Tivoli, às 19h, acontece na mesma semana em que a publicação anunciou os vencedores do prêmio Chambers Latin America 2013, dos quais é possível destacar Altamiro Boscoli, sócio do Demarest Advogados, e os escritórios Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados e Barbosa, Müssnich & Aragão.

Boscoli recebeu o Lifetime Achievement Awards, uma premiação para quem alcançou os objetivos de sua vida profissional. A banca Mattos Filho foi eleita escritório brasileiro do ano, chamando a atenção pelo atendimento full-service, presença internacional e carteira de clientes que ostenta nomes como BP, Chevron, Shell, Odontoprev e Odebrecht. O prêmio por serviços prestados à clientela, chamado Client Choice Award, foi para o BM&A. Segundo a Chambers, o escritório é conhecido por prover soluções criativas aos que recorrem a seus advogados. O BM&A recentemente consolidou seu perfil full-service ao incorporar áreas de telecomunicações e tecnologia, lembra a publicação. 

Além dos três escritórios citados acima, outras dezenas terão seus nomes destacados pela publicação que será lançada na noite desta quarta em São Paulo. A sexta edição do guia para a América Latina inclui 23 jurisdições do continente e é baseada em uma pesquisa independente e objetiva em diversos países. “A principal fonte de informação no processo de seleção são os clientes que trabalham diretamente com os escritórios”, segundo a Chambers and Partners.

O crescente interesse no mercado jurídico brasileiro tem aumentado o assédio de publicações aos escritórios nacionais. Reportagem feita pela ConJur apontou que as bancas têm investido para aparecer bem nos rankings, não para atrair clientes, mas para melhorar sua imagem no mercado.

O lançamento desta edição do guia ser no Brasil também demonstra o interesse no mercado nacional. A Chambers lançou seu pimeiro guia no Reino Unido, "que até hoje se distingue pela alta sofisticação dos escritórios e advogados que competem no mercado", segundo a publicação. Foi a globalização e internacionalização das empresas, que criou a necessidade de um guia global, que incluísse não só Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte, mas também os mercados dos Estados Unidos da América, Ásia e, obviamente, a América Latina.

Além de capítulos dedicados a cada país e às regiões brasileiras, a publicação traz o capítulo “Latin America-wide”, no qual pretende refletir a interação entre os escritórios dos Estados Unidos e da Europa e os escritórios e clientes locais.

A partir de formulários, ferramenta de investigação e de candidatura, a Chambers tem acesso a informação sobre as diferentes áreas de prática do escritório e seus clientes. São incluídas, então, pesquisas sobre a equipe, os recursos disponíveis no escritório e as principais transações das quais a banca participou nos 12 meses anteriores ao envio da informação. Clientes do escritório são então entrevistados de forma anônima, para fornecer opiniões.

Os rankings são então feitos para os escritórios e para os advogados, com divisões de bandas (bands) que vão de 1 a 6, reunindo na banda 1 os primeiros colocados na classificação. Também há espaço para advogados em rápido crescimento na carreira, que são marcados como "Up and Coming" e para associados que se destaquem, chamados de "Associates do Watch", além da categoria para advogados exemplares: "Star".

Veja os melhores escritórios do Brasil segundo a Chambers, por área do Direito e por região do país:

 

Melhores escritórios por área do Direito
Agronegócio
Lazzarini Moretti e Moraes Advogados 
Ramos, Zuanon e Manassero Advogados 
Santos Neto Advogados 
Aviação -  Regulatório
Bernardi & Schnapp Advogados
Machado, Meyer, Sendacz e Opice 
Pinheiro Neto Advogados 
Aviação - Litígio
Bernardi & Schnapp Advogados
Aviação - Financeiro
Basch & Rameh
Machado, Meyer, Sendacz e Opice
Pinheiro Neto Advogados
Bancário e Financeiro
Machado, Meyer, Sendacz e Opice
Pinheiro Guimarães Advogados 
Pinheiro Neto Advogados
Recuperações e Falências
Felsberg, Pedretti e Mannrich Advogados
Pinheiro Neto Advogados
Renato Mange Advogados Associados
Mercado de Capitais
Lefosse Advogados
Machado, Meyer, Sendacz e Opice 
Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga 
Pinheiro Guimarães Advogados 
Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados
Concorrencial e Antitruste
Advocacia José Del Chiaro 
Barbosa, Müssnich & Aragão 
Machado, Meyer, Sendacz e Opice 
Magalhães e Dias 
Pinheiro Neto Advogados 
Sampaio Ferraz Advogados
TozziniFreire Advogados
Fusões e Aquisições
Barbosa, Müssnich & Aragão 
Machado, Meyer, Sendacz e Opice 
Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga 
Pinheiro Neto Advogados 
Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados 
TozziniFreire Advogados
Litígios
Andrade & Fichtner Advogados 
Ferro, Castro Neves, Daltro & Gomide Advogados 
Pinheiro Neto Advogados 
Sergio Bermudes Advogados 
Wald e Associados Advogados
Arbitragem
Ferro, Castro Neves, Daltro & Gomide Advogas
L.O. Baptista, Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira 
Pinheiro Neto Advogados 
Sergio Bermudes Advogados 
Wald e Associados Advogados
Energia e Recursos Naturais - Mineração
Lobo & Ibeas Advogados
Pinheiro Neto Advogados
Veirano Advogados
Energia e Recursos Naturais - Petróleo e Gás
L.O. Baptista, Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira 
Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga 
Tauil & Chequer Advogados 
Energia e Recursos Naturais - Eletricidade
Advocacia Waltenberg
Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados
Ambiental
Demarest Advogados
Milaré Advogados 
Pinheiro Neto Advogados 
TozziniFreire Advogados
Ambiental - Mudança Climática
Pinheiro Neto Advogados
Securitário
Ernesto Tzirulnik Advocacia
Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga
Propriedade intelectual
Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema
Exportação e Importação
Demarest Advogados 
Pinheiro Neto Advogados 
Veirano Advogados
Trabalhista
Mallet Advogados Associados
TozziniFreire Advogados
Life Sciences
Mattos Muriel Kestener Advogados
Pinheiro Neto Advogados
Mídia e Entretenimento
Bitelli Advogados
Cesnik, Quintino & Salinas Advogados
Consumidor
Mattos Muriel Kestener Advogados 
Pinheiro Neto Advogados 
TozziniFreire Advogados 
Veirano Advogados
Projetos
Machado, Meyer, Sendacz e Opice
Pinheiro Neto Advogados 
Veirano Advogados
Administrativo
Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques
Sundfeld Advogados
Imobiliário
Campos Mello Advogados 
Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra 
Koury Lopes Advogados 
PMKA Advogados
Marítimo
Escritório Jurídico Carbone
Farinon, Carvalho da Silva & Advogados
Kincaid | Mendes Vianna Advogados
Pedro Calmon Filho & Associados (PCF&A)
Shipping Consultoria
Tributário
Advocacia Krakowiak
Dias de Souza 
Lefosse Advogados 
Machado, Meyer, Sendacz e Opice 
Mariz De Oliveira e Siqueira Campos Advogados 
Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga 
Pinheiro Neto Advogados 
Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados 
Xavier, Duque-Estrada, Emery, Denardi Advogados
Telecomunicações e Tecnologia
Mundie Advogados
Pinheiro Neto Advogados
Timberland Investment
Gasparini, De Cresci e Nogueira de Lima
TozziniFreire Advogados

 

Melhores escritórios por região
Centro-Oeste
Advocacia Fernanda Hernandez 
Advocacia Bettiol
Pinheiro Neto Advogados 
Norte
DD&L Advogados Associados
Silveira, Athias, Soriano de Mello, Guimarães
Nordeste 
Lima e Falcão Advogados
Queiroz Cavalcanti Advocacia
Sul
Carvalho, Machado, Timm & Deffenti Advogados
Lippert Advogados
Martinelli Advocacia Empresarial
Sudeste
Azevedo Sette Advogados
Campos, Fialho, Canabrava, Borja, Andrade
Sacha Calmon e Misabel Derzi Consultores

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 11 de setembro de 2013, 8h14

Comentários de leitores

2 comentários

Irreal

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O suposto "ranking", claramente comprado, é tão irreal que sequer elenca a área previdenciária, ramo do direito que move praticamente 1/3 da advocacia do País.

Infração disciplinar

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

"as bancas têm investido para aparecer bem nos rankings, não para atrair clientes, mas para melhorar sua imagem no mercado". Trata-se de infração disciplinar, punível com expulsão dos quadros da Ordem nos casos de reincidência, muito embora a OAB nem de longe esteja preocupada com isso já que a ideia básica é abafar os pequenos escritórios para que os grandes reinem mesmo infringindo o Código de Ética.

Comentários encerrados em 19/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.