Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação perdida

Dívida de honorário pode ter motivado morte de advogado

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte vai se colocar oficialmente à disposição da polícia para colaborar com as investigações que apuram o assassinato do advogado criminalista Antônio Carlos de Souza Oliveira, morto a tiros dentro do banheiro de um bar, em Natal. As informações são do G1.

O advogado Daniel Pessoa, que integra a comissão especial designada para cobrar agilidade do inquérito afirmou que há suspeitas de que o crime teria sido motivado por uma dívida de negócios. “Há a suspeita de que a morte tenha relacionamento com uma dívida de honorários e uma ação que não teria sido ganha, mas isso é uma hipótese”, disse Pessoa.

De acordo com o advogado, “como um órgão de Justiça, é possível que alguma informação chegue primeiro à OAB, mas a Polícia Civil já demonstrou agilidade, designando um delegado para apurar o caso e começando as investigações”, considerou.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Araújo, informou que o crime foi cometido por volta das 20h30. Segundo ele, testemunhas disseram que o advogado foi ao banheiro e um homem o seguiu. Em seguida, pessoas ouviram tiros e viram o suspeito saindo do local correndo com uma pistola na mão. Ainda de acordo com informações da PM, o homem fugiu.

Revista Consultor Jurídico, 16 de maio de 2013, 13h35

Comentários de leitores

1 comentário

Milagre

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Que milagre. A noticia foi pública há mais de uma hora, e ainda não apareceu ninguém dizendo sugerindo eliminar a possibilidade do advogado receber honorários para acabar com tal tipo de crime...

Comentários encerrados em 24/05/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.