Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Obras da Copa

Governo do Rio decide não demolir Museu do Índio

O governo do Rio de Janeiro decidiu preservar o prédio do antigo Museu do Índio, no entorno do estádio do Maracanã. Após manifestações contrárias à demolição do local por conta das reformas do estádio para a Copa de 2014, o governo fluminense analisou estudos de dispersão de público e concluiu que é possível manter o prédio no local.

Desde 2006, o espaço é ocupado por famílias indígenas. No último dia 11 de janeiro, o local foi cercado por policiais militares à espera de ordem judicial para a desocupação. A ordem não chegou para ser executada e não houve confronto, mas os índios chegaram a se posicionar com arcos e flechas.

O Ministério Público Federal chegou a entrar com ação para impedir que o prédio fosse demolido. No último sábado (26/1), o Tribunal de Justiça do Rio deferiu um pedido de liminar para que o espaço fosse preservado e as famílias não fossem despejadas.

Apesar de decidir não demolir o museu, o governo do Rio ainda pretende remover os indígenas do local. No ano passado, o estado comprou o espaço da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), junto com outros prédios, por R$ 60 milhões. O Ministério da Agricultura já está desocupando os outros imóveis, que serão demolidos para garantir o fluxo de pessoas no entorno do estádio.

O governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes prometem agora tombar o imóvel. O restauro do Museu do Índio ficará sob responsabilidade do concessionário vencedor da licitação do Complexo do Maracanã, cujo edital sairá em fevereiro. O destino do prédio, após o tombamento, ainda será discutido entre o governo e a prefeitura do Rio de Janeiro.

O prédio histórico, datado de 1862, já abrigou o Serviço de Proteção ao Índio (atual Funai) no início do século 20. Em 1953, passou a funcionar como Museu do Índio, até este ser transferido para o bairro de Botafogo, na zona sul do Rio, no final da década de 70. Desde então, o local está abandonado. Com informações da Assessoria de Imprensa do governo do Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 28 de janeiro de 2013, 18h00

Comentários de leitores

3 comentários

Foto errada 2

Edith HM (Outros)

Esta foto é da atual sede do museu do Indio, em Botafogo...

vexame plenamente evitavel

hammer eduardo (Consultor)

Os proceres da Cidade do Rio de Janeiro APENAS mudaram de ideia graças a ampla cobertura por parte da Imprensa pois se dependesse apenas do Povo , continuariam a tratar a Cidade da mesma forma como tem acontecido ultimamente , ou seja , propriedade privada DELES!
Sergio cabral tem se mostrado a mais espetacular decepção em termos gerais que o Carioca tem tido acesso em muitos anos. Esta preocupado apenas com sua carreira e usa a Cidade como trampolim. Os recentes escandalos envolvendo aquela OUTRA ratazana do cavendissh da DELTA apenas serviram para mostrar como ele estava nu. O envolvimento dele com bandalheiras ddeste tipo , se devidamente apurado pelo Ministerio Publico , daria impeachment com toda certeza porem Dilma e sua quadrilha resolveram "botar a pata" em cima e abafaram tudo e NENHUMA investigação anda, querem preservar o que ELES consideram como futuro potencial na politica como por exemplo uma eventual chapa do PMDB-osta para a presidencia que traria Temmer como candidato e serginho "cavendish" como vice.
Por outro lado o atual prefeito é um MEDIOCRE que foi office-boy da des-administração cesar maia que ajudou a enterrar a Cidade como vemos atualmente. Quando questionado sobre qualquer assunto fica logo "nervosinha" e foca a des-administração em obras espetaculares que CERTAMENTE renderão excelentes fruto$$$$$$ se é que me faço entender...........
Os dois foram devidamente "gozados" com dois sambinhas inteligentissimos por sinal e disponiveis no you Tube , o de sergio cabral se chama "menino mimado" e o de paes "dudu da madame" , ambos valem uma visita.
Agora deverão ter que engolir a derrota politica do colossal mico do Museu do Indio , é apenas assim que funciona.Uma pena.

Foto errada

João Carlos Silva Cardoso (Jornalista)

Por favor, troquem essa foto. Esse não é o Museu do Índio.
Não sei que prédio é esse, mas, de longe não é mesmo. A construção é outra e o estado de conservação passa longe disso aí.

Comentários encerrados em 05/02/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.