Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Recuperação judicial

Justiça do Rio autoriza Delta a vender ativos

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou a construtora Delta a vender maquinários, chassis de caminhões, carregadoras, contêineres e outros equipamentos. A decisão, desta segunda-feira (7/1), da juíza Maria da Penha Nobre Mauro, da 5ª Vara Empresarial do Rio, depois de parecer favorável à venda feito pelo Ministério Público.

Em novembro, a empresa entrou com pedido de recuperação judicial e declarou dívida de R$ 342,7 milhões. A venda de parte de seus ativos é manobra para saldar o débito. Em despacho, a juíza Maria da Penha afirmou que a empreiteira terá de prestar contas de suas atividades ao seu administrador judicial, a empresa de consultoria empresarial Deloitte, representada nos autos pelos advogados Carlos Alberto Ramos de Vasconcelos, Antonio Manuel França Aires e Celso Caldas Martins Xavier.

Na mesma decisão, a juíza determinou que os honorários do administrador serão de 1,5% da dívida total, pagos em 30 parcelas iguais. O plano de recuperação da Delta, no entanto, ainda não foi homologado. Espera parecer do Ministério Público. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.

Processo 0214515-34.2012.8.19.0001

Revista Consultor Jurídico, 7 de janeiro de 2013, 17h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/01/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.