Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto no Judiciário

Morre desembargador Ribeiro da Silva, do TJ-SP

Morreu na última segunda-feira (22/4) o desembargador José Aguiar Pupo Ribeiro da Silva, do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, por conta de um problema na vesícula e não resistiu. Ribeiro da Silva começou a passar mal no fim de semana, logo depois de chegar ao Brasil, de viagem aos Estados Unidos.

Dos mais experientes juízes de São Paulo, Ribeiro da Silva tinha 68 anos e costumava participar, como convocado, das sessões do Órgão Especial, o colegiado de cúpula do TJ. Ele julgava na 8ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP.

Ano passado, o desembargador completou 40 anos de magistratura e este ano, 20 de judicatura em segundo grau. Ele foi promovido ao 2º Tribunal de Alçada Civil (TAC) em 1993, onde ficou até ser promovido ao TJ, em 2003. Era conhecido por seu perfil altamente técnico e detalhista, característica tida como qualificadora de seus votos.

Em respeito, o presidente do TJ de São Paulo, desembargador Ivan Sartori, declarou luto oficial de três dias no tribunal. Nesse período, a bandeira do Brasil ficará hasteada a meio mastro no TJ e em todas as unidades do Judiciário de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 24 de abril de 2013, 19h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/05/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.