Consultor Jurídico

Batalhas eleitorais

Candidatos à prefeitura de SP abriram 61 ações

As campanhas de Serra e Haddad deram entrada, até o dia 27 de outubro, em 61 ações: 36 de autoria do PT e 25 de autoria dos tucanos. Apenas 12 foram julgadas procedentes, sendo seis da campanha petista e outras seis em favor do PSDB. As informações são do site UOL.

Nas decisões, os candidatos foram condenados ao pagamento de multas e perderam tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV por conta de acusações mútuas.

Haddad foi multado em R$ 2.000 por ter fixado cartazes na saída da estação de metrô de Itaquera, bairro da Zona Leste de São Paulo. Serra recebeu uma multa maior, de R$ 5.000, por ter feito propaganda eleitoral em templo religioso.

A campanha de Serra também foi obrigada a retirar da internet peças caluniosas de campanha: um site chamado "Propostas Haddad 13", contendo ataques ao pestista; e dois jogos no Facebook, um em que o jogador destruía obras em São Paulo com bombas que tinham o rosto de Haddad, José Genoino e José Dirceu, e outro em que a tarefa era encontrar em São Paulo obras feitas por Haddad, que nunca foi prefeito da cidade.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 28 de outubro de 2012, 10h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.