Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Impeachment de Lugo

Justiça do Paraguai reconhece Franco como presidente

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (25/6), o Tribunal Superior de Justiça Eleitoral do Paraguai reconheceu Federico Franco como legítimo presidente do país e destacou que o ex-presidente Fernando Lugo “aceitou publicamente submeter-se ao julgamento político” que resultou na sua destituição. A corte descartou também a possibilidade de antecipar as eleições presidenciais, previstas para abril do ano que vem.

Além de enfrentar pressões externas, Franco — eleito vice-presidente de Lugo em 2008 — tem o desafio de articular as alianças políticas em ano eleitoral. No dia 9 de dezembro, os partidos terão eleições internas para definir seus candidatos à presidência do Paraguai.

“Por trás desta crise, que levou à destituição de Lugo e sua substituição por Franco, está a disputa pelos recursos para financiar a campanha”, afirmou à Agência Brasil o analista político Euclides Azevedo.

Franco pertence à Frente Liberal Radical Autêntica, a segunda força política no Paraguai, depois do Partido Colorado. “Fora do poder, Lugo terá muita dificuldade em eleger um candidato”, disse Azevedo. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 25 de junho de 2012, 22h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.