Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Denúncia ao MJ

Sigilo de Dilma foi violado em campanha, diz deputado

O deputado federal Miro Teixeira (PDT-RJ) entregou, nesta terça-feira (17/7), ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, documentos que comprovariam que o sigilo fiscal da presidente Dilma Rousseff foi violado durante a campanha eleitoral de 2010. Segundo o deputado, também foram violados o sigilo de contas telefônicas de deputados, senadores e de “um músico”.

Segundo o parlamentar, as informações e o documento foram passados por “fontes” que ele se negou a revelar. Ele afirma ter entregado as provas “a quem de direito”. A informação foi divulgada nesta terça pelo Jornal do Brasil.

Os papeis comprovariam que a declaração de renda da presidente, então candidata, circularam antes de serem divulgadas à Justiça Eleitoral. Com a apresentação do documento, o deputado quer mostrar ao governo federal que “não existe sigilo de brasileiro que esteja a salvo”.

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2012, 22h04

Comentários de leitores

1 comentário

Acreditam em papai noel

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Mas ainda há alguém que acredita que sigilo fiscal no Brasil ainda existe?

Comentários encerrados em 25/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.