Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Judiciário estadual

Banco Mundial doará US$ 450 mil ao CNJ para pesquisa

O Banco Mundial vai doar US$ 450 mil ao Conselho Nacional de Justiça. O valor será destinado a um projeto que visa reduzir a desigualdade entre os judiciários estaduais, onde tramitam dois terços das ações judiciais do país. O acordo será assinado nesta terça-feira (17/4), no salão da Presidência do Supremo Tribunal Federal.

Avaliações feitas pelo CNJ anteriormente indicam esse cenário de desigualdade. De acordo com o relatório Justiça em Números de 2009, enquanto alguns estados levam dois meses para julgar um processo, outros demoram mais de dois anos.

Inicialmente, o projeto apontará a causa dessas diferenças, com estudos em alguns estados. Após os estudos, o CNJ deve definir quais são as justiças estaduais com maiores deficiências. Três a cinco delas receberão investimentos do conselho e farão parte de programas pilotos. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2012, 20h49

Comentários de leitores

1 comentário

Que vergonha

Pek Cop (Outros)

O Brasil nao precisa de ajudinha de ninguém, para que se submeter a doações e depois ficar com o rabo preso com a instituição, já nao chega que os banco fazem e nada acontece(taxas injustas, poucas horas p/o púbico, seguranças despreparados, gerentes fazendo falcatruas e falsificando documentos etc).

Comentários encerrados em 24/04/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.