Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novos integrantes

Buzzi e Bellizze tomam posse no STJ nesta segunda

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça empossa, na próxima segunda-feira (5/9), Marco Buzzi e Marco Aurélio Bellizze no cargo de ministro. Eles irão integrar a 4ª e a 5ª Turma, respectivamente. A cerimônia será às 16h, na sede do STJ. Com a posse dos novos membros, o Tribunal passará a contar com 31 ministros e dois desembargadores convocados.

Buzzi e Bellizze foram aprovados em sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado em 9 de agosto. A nomeação pela presidente Dilma Rousseff foi publicada no Diário Oficial da União na edição de 15 de agosto.

Marco Buzzi, de 53 anos, nasceu em Timbó (SC). Ocupará a vaga deixada pela aposentadoria do ministro Paulo Medina. Buzzi ingressou na magistratura em 1982 e, atualmente, é integrante do Comitê Executivo do Movimento pela Conciliação do Conselho Nacional de Justiça e presidente do Comitê Especial para Implementação do Manual dos Juizados Especiais junto ao CNJ.

Marco Aurélio Bellizze tem 47 anos, é natural da cidade do Rio de Janeiro. Dedicado à magistratura há mais de 25 anos, foi nomeado para a vaga deixada pelo conterrâneo Luiz Fux, atualmente ministro do Supremo Tribunal Federal. É especialista em Execução Penal e Direito Eleitoral e mestre em Direito pela Universidade Estácio de Sá.

Os dois novos membros do STJ entram em vagas reservadas a desembargadores da Justiça estadual. Marco Buzzi vem do Tribunal de Justiça de Santa Catarina; Marco Aurélio Bellizze, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Os dois novos membros darão entrevista antes de assumir o cargo. O encontro com a imprensa será às 14h30, no primeiro andar do prédio dos Plenários.

A posse também contará com cobertura no Facebook, que apresentará narração em tempo real e fotos. Segundo o STJ, o instrumento, usado pela primeira vez na posse dos ministros Antônio Carlos Ferreira, Villas Bôas Cueva e Sebastião Reis Júnior, agradou e será repetido.Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 4 de setembro de 2011, 9h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.