Consultor Jurídico

Notícias

Mercado da advocacia

Banca de advocacia europeia chega em Portugal

Por 

A megabanca de advocacia europeia CMS anunciou, nesta semana, que abrirá um posto em Portugal. Para tanto, incorporou a banca local Rui Pena Arnaut & Associados e todos os 60 advogados que trabalham para a firma portuguesa. De acordo com o site da CMS, a partir de janeiro de 2012, a Rui Pena troca sua marca para se chamar CMS Rui Pena & Arnaut (CMS RPA).

Mais do que uma banca, a CMS é uma organização de bancas de advocacia que agrega dezenas de escritórios independentes espalhados pelo continente europeu. Em comum, as bancas têm a marca da empresa. Portanto, são incluídas na franquia e se beneficiam da estrutura global da CMS. É o que ocorre na Inglaterra com a banca CMS Cameron McKenna, na Bélgica com a CMS De Backer, na Alemanha com CMS Reich-Rohrwig Hainz, e agora, em Portugal, com a Rui Pena & Arnaut.

Depois de Portugal, a CMS irá deixar a Europa de lado, por ora, de sua estratégia de expansão internacional. O continente americano entrará na alça de mira da companhia. É o que garante a edição desta semana da publicação britânica Legal Week. Com a aquisição do posto em Portugal, são 54 escritórios integrados na rede de colaboração CMS. O próximo passo é reorganizar a estratégia global da empresa, focando os esforços do outro lado do Atlântico, principalmente Estados Unidos e Brasil, segundo o Legal Week.

A CMS conta com poucos escritórios de colaboradores sediados fora da Europa, localizados na China e no norte da África. De acordo com a próxima edição da revista mensal de The American Lawyer, que circula em novembro nos EUA, a Turquia é outra prioridade da CMS, além do Brasil e Estados Unidos. A crise na Europa e a ascensão de mercados emergentes são apontadas por analistas como a principal razão da CMS querer expandir para outros continentes. É válido observar que ter sua expertise toda voltada para a Europa e ser, essencialmente, uma companhia europeia era até então parte essencial da identidade da CMS. A empresa já conta com colaboradores e contatos no Brasil, Argentina e Uruguai.

Segundo o release divulgado nesta semana, a colaboração entre a Rui Pena Arnaut e a CMS começou a tomar forma em outubro de 2010. “Juntar-se à CMS significa que continuaremos no caminho de fortalecer nossa estratégia de expansão ibérica ao mesmo tempo em que nos tornamos uma potência europeia”, disse, em nota oficial, José Luís Arnaut, um dos fundadores da Rui Pena Arnaut, sediada em Lisboa desde o início de suas atividades nos anos 1960.

Em um artigo em que noticia a chegada da CMS em Portugal, o boletim diário do website da The American Lawyer observou que, no terceiro trimestre de 2011, as aquisições e fusões promovidas por bancas globais seguiram em alta, batendo recordes de negócios feitos, se comparado com anos anteriores. A tendência de crescimento no número de aquisições de firmas locais por bancas internacionais deve também bater novo recorde no trimestre que encerra o ano, de acordo com a publicação.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico nos Estados Unidos.

Revista Consultor Jurídico, 29 de outubro de 2011, 8h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/11/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.