Consultor Jurídico

Notícias

Cobrança pela habilitação

Polícia desarticula grupo acusado de fraude no Detran-RJ

Foi deflagrada nesta sexta-feira (21/10) uma operação para desarticular uma quadrilha suspeita de fraudes no Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran). De acordo com o Ministério Público do estado, a quadrilha emitia de forma fraudulenta a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e documentos veiculares, de vistorias, registro ANTT e leilões de veículos. Agentes de 48 unidades policiais e do Ministério Público do Estado cumpriram 42 mandados de prisão e 64 de busca e apreensão em 11 municípios. As investigações começaram em 2009.

Segundo o MP, o grupo era composto por funcionários do Detran-RJ, despachantes, funcionários de auto-escolas e até médicos e psicólogos. Todas as fases do processo de retirada da CNH eram falseadas, inclusive na captação de digital, quando os suspeitos usavam moldes de silicone para se passarem pelo candidato.

De acordo com a polícia, a quadrilha é suspeita de cobrar entre R$ 800 e R$ 4 mil para aprovação no exame de habilitação. O subchefe operacional da Polícia Civil, Fernando Veloso, afirmou que a quadrilha atendia em média 200 pessoas por mês e faturava cerca de R$ 10 milhões anualmente. As irregularidades foram constatadas pela Corregedoria do Detran-RJ e repassadas à Polícia.

Durante entrevista coletiva, o coordenador do 7º Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Investigação Penal, promotor Homero Freitas, afirmou que a Operação Contramão II foi um trabalho feito em conjunto. “Tivemos aqui todas as instituições envolvidas”, disse. Com informações da Assessoria de Imprensa do MP-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 21 de outubro de 2011, 21h11

Comentários de leitores

1 comentário

CORRAM, PORQUE TEM MAIS PARA APURAR

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Aproveitem para acrecer à essa investigação a outra, veiculada ontem no Fantástico, sobre a 'máfia' das milícias que comanda o transporte alternativo (de vans) no Rio. Mas comecem já, pois na próxima semana, certamente haverá novas denúncias sobre novos golpes,que são os verdadeiros 'PACs" no Brasil; "Programas de Aceleração da Criminalidade".

Comentários encerrados em 29/10/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.