Consultor Jurídico

Fora do processo

TSE nega recurso contra suspensão de cassação

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral confirmou decisão do ministro Marcelo Ribeiro, que concedeu liminar em favor do deputado distrital Benício Tavares para suspender a decisão do TRE-DF de cassar o mandato do parlamentar por compra de votos e abuso de poder. O ministro concedeu liminar em 11 de maio para manter o deputado distrital no cargo até o julgamento de mérito do recurso ordinário interposto por sua defesa no TSE. 

Ao analisar o recurso contra a liminar, o ministro explicou que quem apresentou o agravo não é parte no processo, mas aquele que seria beneficiado pela cassação do autor da cautelar. Segundo Marcelo Ribeiro, mesmo que o agravante fosse admitido nos autos, seria como assistente simples.

Sendo assistente simples, completou o ministro, o beneficiado da cassação não poderia recorrer sozinho. O ministro não conheceu do recurso. O entendimento foi acompanhado pelos demais ministros da Corte. Com Informações da Assessoria de Imprensa do TSE.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 12 de junho de 2011, 6h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/06/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.