Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prata da casa

Mauro Hauschild é nomeado presidente do INSS

Mauro Hauschild - UNASLAF

A presidente Dilma Rousseff concretizou, nesta sexta-feira (14/1), a nomeação de Mauro Luciano Hauschild, que comandava o gabinete do ministro Dias Toffoli, como presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A confirmação foi publicada pelo Diário Oficial da União, e ele assume o cargo na próxima quarta-feira (19/1).

Especialista em Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público e ex-professor de Matemática, Hauschild, nascido em Bom Retiro do Sul (RS) e hoje com 37 anos, atuava até a indicação como chefe de gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal. Antes, foi procurador adjunto de Toffoli quando o ministro ocupava o cargo de advogado-geral da União, e também diretor da Escola da Advocacia-Geral da União.

O novo presidente já conhece a casa. Foi procurador do INSS entre 2004 e 2007, tanto no Sul, onde começou, quanto em Brasília. Também comandou um grupo de procuradores na implementação do novo modelo de gestão da Previdência Social. Saiu de lá para coordenar a Escola da AGU, que depois dirigiu até 2009. Desde então, assessorava o ministro Toffoli.

Além da Licenciatura em Matemática, concluída na Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1997, Hauschild formou-se em Direito há nove anos pelo Centro Universitário Ritter dos Reis. Sua tese de especialização em Direito Constitucional, no IDP, teve o título "Judicialização das políticas públicas na área da saúde".

Hauschild é bem vistos nas classes por onde passou. Em 2008, foi condecorado pela Associação Nacional dos Procuradores Federais com a Medalha Santiago Dantas. No ano seguinte, a Escola da Ordem dos Advogados do Brasil lhe deu o título de Doutor Honoris Causa.

Segundo a publicação feita pelo Diário Oficial da União, também foram nomeados nesta sexta-eira Jaime Mariz de Faria Junior como secretário de Políticas de Previdência Complementar do Ministério da Previdência, e Rogério Nagamine Costanzi como diretor do Departamento do Regime Geral de Previdência Social.

Revista Consultor Jurídico, 14 de janeiro de 2011, 18h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.