Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Valorização no trabalho

TJ de Mato Grosso lança premiação para servidor

A Justiça de Mato Grosso vai desenvolver o Programa de Premiação do Servidor Destaque a partir de março de 2011. O projeto, desenvolvido pela Coordenadoria de Recursos Humanos e instituído pelo Conselho da Magistratura, pretende motivar e valorizar os servidores do Tribunal de Justiça e de todas as comarcas do estado. Os servidores escolhidos receberão um prêmio, ainda não divulgado pelo TJ-MT, e elogios na ficha funcional.

De acordo com o programa, o número de servidores premiados deverá ser proporcional à estrutura da unidade administrativa, sendo um servidor nas comarcas de primeira entrância, dois servidores nas comarcas de segunda e terceira entrâncias, quatro servidores nas comarcas de entrância especial e cinco servidores do TJ-MT.

A escolha dos destaques será feita por meio da indicação dos próprios servidores. Cada um poderá indicar o trabalhador que julgar que atende os requisitos para a premiação. Basta preencher a cédula específica, que ficará disponível na Página do Servidor, na intranet, informando o nome completo, número de matrícula e o nome do servidor indicado. As indicações serão recebidas até o dia 30 de setembro.

Para fazer sua indicação, os servidores devem observar assiduidade, iniciativa, criatividade, administração do tempo, cooperação, idoneidade moral, uso racional de material, produtividade, eficiência, bom relacionamento com colegas e partes, cumprimento exemplar dos deveres e sensibilidade para questões de interesse do Poder Judiciário.

O servidor destaque receberá prêmio, diplomas e condecorações e terá em sua ficha funcional inscrição de elogios. O prêmio será entregue no dia 8 de dezembro, Dia da Justiça.

Seleção
As indicações serão analisadas por uma comissão organizadora, composta por um representante da Coordenadoria de Recursos Humanos, um da Escola dos Servidores Desembargador Atahide Monteiro da Silva, um da Diretoria Geral, um da Coordenadoria Administrativa e um da Coordenadoria de Comunicação Social.

A comissão fará a entrevista com o gestor do servidor indicado para apurar a sua pontuação e vai elaborar uma lista de classificação, de acordo com os critérios estabelecidos no regulamento. Em caso de empate, os critérios para a classificação envolvem maior tempo de serviço no Poder Judiciário, maior tempo de serviço público, e maior idade.

Valorização profissional
A coordenadora de Recursos Humanos Sandra Kato informou que o objetivo do projeto é valorizar o servidor judiciário, reconhecendo a sua participação como agente importante na construção da imagem institucional. “O reconhecimento profissional motiva o servidor e, consequentemente, melhora a qualidade da prestação jurisdicional”.

O programa foi elaborado por uma comissão formada pelas servidoras Carmelinda Maria de Araújo, Estela Fernandes Pereira, Josiane Dias de Figueiredo, Gislene Maria Brun, Maria Auxiliadora Monteiro e Nilze Maria Fernandes Tamashiro, do Departamento de Recursos Humanos, sob a orientação da coordenadora e da diretora de RH, Salma Paiva. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-MT.

Revista Consultor Jurídico, 1 de janeiro de 2011, 8h12

Comentários de leitores

1 comentário

Premiação

Romualdo (Assessor Técnico)

Não sei se é do conhecimento dos senhores, mas desde 2007 ou 2008 o TJSE já adota um sistema de premiação, mas não é por eleição, e sim pelo mérito alcançado pelo desempenho das atribuições dos servidores. Fica aqui o registro e qualquer informação complementar podem entrar em contato com a Diretoria de Comunicação do Tribunal (dircom.tjse.jus.br).

Comentários encerrados em 09/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.