Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escolha final

Cerca de 135 milhões de eleitores voltam às urnas

Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB). O novo presidente do Brasil será escolhido neste domingo (31/10) pelos 135,8 milhões de eleitores que voltam às urnas. O eleito será o quinto presidente a comandar o país depois do fim da ditadura e o 20º, desde a Proclamação da República.

Pelos próximos quatro anos, Dilma ou Serra irá governar a oitava economia do mundo e a maior da América Latina. Segundo a Agência Brasil, 70 milhões de mulheres irão às urnas. Elas representam, assim, 51,8% do total de eleitores. Já os jovens com 16 e 17 anos que estreiam nas urnas este ano são 2,3 milhões: 1,07% do total. O balanço final revela que o número de eleitores que vai às urnas este ano é 7,8% maior que o das eleições passadas.

O novo presidente, seja ele homem ou mulher, herdará uma projeção de crescimento da economia de 7,2% para este ano. É o que propõe o Orçamento para 2011 enviado pelo governo ao Congresso. Especialistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central estão esperançosos: a expectativa é de expansão de 4,5%.

Impacto regional
É a região Sudeste a que mais concentra eleitores. E é ela também que deve dar a palavra final. No total, são 58,9 milhões de votantes. São Paulo concentra o maior número de eleitores do Brasil: são 30,3 milhões. O segundo lugar é ocupado por Minas Gerais, com 14,5 milhões, seguido pelo Rio de Janeiro, com 11,5 milhões.

O Nordeste, por sua vez, traz o segundo maior colégio eleitoral do país, com 36,7 milhões de eleitores. A Bahia contribui com 9,5 milhões desse total. Pernambuco e Ceará ocupam o segundo e terceiro lugares, com 6,2 milhões e 5,8 milhões, respectivamente.

Com 20,2 milhões de eleitores, o Sul aparece com o terceiro maior colégio. O Rio Grande do Sul aparece com 8,1 milhões votantes, o Paraná com 7,6 milhões e Santa Catarina com 4,5 milhões.

O Norte tem um dos menores pesos, só ganhando do Centro-Oeste. São 9,9 milhões de eleitores. O Amazonas é o estado com o maior número: 2 milhões. Em segundo lugar está Rondônia, com um milhão e o Acre, com 470 mil.

No Centro Oeste são 9,6 milhões de eleitores. Goiás, com 4 milhões, é seguido por Mato Grosso, com 2 milhões e o Distrito Federal, com 1,8 milhão.

Além das eleições presidenciais, há a escolha para governador. Cerca de 14,9 milhões de pessoas devem escolher os novos representantes de oito estados e no Distrito Federal.

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2010, 12h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/11/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.