Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo cargo

Três novos desembargadores tomam posse no TJ-SP

Luiz Sérgio de Mello Pinto, Roberto Martins de Souza e Edison Vicentini Barroso tomaram posse como desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, nesta segunda-feira (15/3). A cerimônia aconteceu no Salão do Júri do Palácio de Justiça e foi conduzida pelo presidente em exercício do TJSP, desembargador Marco César Müller Valente.

Na ocasião, Valente destacou que o Tribunal de Justiça recebe com muita honra os três novos desembargadores. “Que Deus proteja e faça todos felizes em torno do exercício de seu cargo dentro da gloriosa magistratura de São Paulo”. Com os ocupantes dos cargos, a Corte conta, agora, com 354 desembargadores, restando ainda seis vagas para serem preenchidas.

Durante a abertura do evento, o desembargador Henrique Nelson Calandra, ex-presidente da Associação Paulista de Magistrados, fez votos aos novatos. “Que os novos desembargadores tragam sua experiência e juventude para desenvolvermos com mais alegria nosso trabalho. Não se atemorizem com os que agem contra o Poder Judiciário; aqui está travada uma bandeira permanente em defesa da Justiça”, disse Calandra.

Histórico profissional

Luiz Sérgio de Mello Pinto nasceu em 1942 na cidade de São Paulo. Formou-se em Direito na Universidade Mackenzie no ano de 1969. Assumiu em 1975 como juiz substituto em Santo André. “Chego agora ao último degrau de minha carreira. Ser magistrado é ser radical, sem deslizes que afetem sua imagem. Sou feliz porque faço o que gosto”, disse ao assumir o cargo.

Roberto Martins de Souza nasceu em 1947 na cidade de São Paulo. Terminou a Faculdade de Direito de Bragança Paulista em 1970. Tornou-se juiz substituto em 1985, em Cotia. “Precisamos de uma Justiça forte, independente e moderna”, afirmou em sua parimeira declaração como desembargador.

Edison Vicentini Barroso nasceu em 1959 na cidade de Altinópolis. Em 1981 concluiu o curso Direito na USP. Tomou posse como juiz substituto, em 1984, em Batatais. “É uma imensa responsabilidade. Sinto-me honrado por chegar até aqui após uma série de dificuldades”, afirmou.

Revista Consultor Jurídico, 16 de março de 2010, 2h50

Comentários de leitores

1 comentário

E AGORA.....

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Sejam bem-vindos ao paraíso. Quando começam.....

Comentários encerrados em 24/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.