Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Suspeita de fraude

PF vai apurar vazamento da prova do Exame de Ordem

A OAB suspendeu a divulgação do resultado da segunda fase do Exame de Ordem por suspeita de fraude. No último domingo (28/2), um candidato que fazia a prova prático-profissional de Direito Penal, em Osasco (SP), foi flagrado com respostas de questões. A divulgação do resultado do exame seria nesta quarta-feira (3/3).

O presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, entregou ao diretor-geral em exercício do Departamento de Polícia Federal, Luiz Pontel de Souza, notícia-crime com base em relato recebido da Comissão de Exame de Ordem da OAB-SP, nesta terça. Ele pediu apuração urgente dos fatos para as devidas providências, "no sentido de resguardar a lisura do certame, que é compromisso da OAB".

Ophir também pediu ao Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), órgão que elabora e aplica o Exame de Ordem em parceria com a OAB, que instaure sindicância para apuração interna da irregularidade. Um processo administrativo dentro da própria Ordem será aberto.

No próximo domingo (7/3), o Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB se reunirá em Brasília para examinar as medidas que serão adotadas em relação à prova. Esse foi o primeiro Exame de Ordem unificado. Quase 19 mil candidato fizeram a prova em 155 cidades do país. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 2 de março de 2010, 23h31

Comentários de leitores

3 comentários

REFLEXÃO

ANS (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O Exame é mais um dos entraves existentes nos diversos setores deste país. Constitui claúsula de barreira formulada por grupos corporativistas, reacionários, que estabelecem regras deliberadamente premeditadas, maldosas, revestidas de dolo e covardia. Pois devemos olhar a nossa volta e refletir que em todos os setores da sociedade a democracia não foi efetivada. Ela necessita de inteligência, astúcia, coragem e ação revolucionária através do judiciário para sua efetivação. Pois vivemos sob a égide de uma falsa linguagem democrática.

urgente.

Republicano (Professor)

A OAB precisa ser fiscalizada pelo Tribunais de Contas e pelo MP, urgente.

PF vai apurar vazamento da prova da segunda fase do Exame de

ADEVANIR TURA - ÁRBITRO - MEDIADOR - CONCILIADOR (Outros - Civil)

E a OAB ainda insiste em manter essa prova VERGONHOSA. Volto a insistir, que a OAB está se tornando muito forte politicamente no Brasil, por causa dos próprios governantes que são coniventes com tudo, inclusive, quando se trata de dinheiro e muito dinheiro!
Caros amigos, vocês já fizeram os cálculos de quanto a OAB fatura só com as taxas de inscrições dos Bacharéis?
Então aqui vai o probleminha para resolverem:
Em média no Brasil: 80.000 mil inscritos a cada exame.
Custo da taxa: R$-180,00
Periodicidade de exames: a cada 03 meses, ou seja: 04 por ano.
Resultado:????? Se não der mais ou menos R$-57.000.000,00 (cinqüenta e sete milhões de reais), nunca mais escreverei minha opinião a respeito.
E mais: O VAZAMENTO DE INFORMAÇÕES AOS QUE ESTÃO FAZENDO AS PROVAS NUNCA OCORRE POR SI SÓ.
Fica então, uma pergunta no ar: A culpa dessa situação é de quem? dos bacharéis? Não! É da OAB.

Comentários encerrados em 10/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.