Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Teste do voto

Eleições simuladas ocorrem em todo o país

Tribunais Regionais Eleitorais de todo o país promovem, neste sábado (21/8), eleições simuladas para testar todos os sistemas e programas que serão utilizados no pleito de outubro. Os testes ocorrerão nas sedes dos tribunais, nos cartórios e nas zonas eleitorais.

A ideia do Tribunal Superior Eleitoral é fazer um ensaio de todas as etapas que envolvem a eleição, desde o cadastro eleitoral, passando pelo ato de votar, até a totalização dos resultados, para comprovar a eficiência do processo, certificando que o pleito nacional de outubro será um sucesso.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, o evento tem grande importância para a Justiça Eleitoral e para a população. “Conseguimos exercitar a realidade das eleições, respeitando as peculiaridades de cada localidade”, ressalta.

Biometria
Nas eleições deste ano, eleitores de 60 municípios de 23 estados brasileiros já votarão em urnas eletrônicas com leitor biométrico, isto é, que possibilitam a votação por meio da leitura das impressões digitais. Dezenove destes 23 estados farão as eleições simuladas com a nova urna.

No Acre, os testes serão nas cidades de Assis Brasil e Bujari. Em Alagoas, oito dos 11 municípios cadastrados para votação por meio da biometria participarão das eleições simuladas: Jamarataia, Maribondo, Barra de Santo Antônio, Rio Largo, Igaci, Poço das Trincheiras, Coité do Noia, São Miguel dos Milagres e Chã Preta.

Na Bahia, o evento ocorrerá na cidade de Pojuca e, no Ceará, no município de Eusébio. A cidade de Hidrolândia representará Goiás nas eleições simuladas com biometria, e Viana e Castelo representarão o estado do Espírito Santo. Paço do Lumiar e Raposa serão os municípios do Maranhão que participarão do evento.

Quatro cidades de Minas Gerais farão a simulação com a nova urna: São João Del Rei, Pará de Minas, Curvelo e Ponte Nova. No Pará, será a cidade de Capanema e, na Paraíba, o município de Pedras de Fogo. Já em Pernambuco, o evento acontecerá nas cidades de Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Rio Formoso e Tamandaré.

A representante do Paraná nos testes nas urnas com leitor biométrico será a cidade de Balsa Nova. Piracuruca e Piripiri farão o evento pelo estado do Piauí. No Rio de Janeiro, a eleição simulada ocorrerá na cidade de Armação dos Búzios. No Rio Grande do Norte, será em Alexandria e Nísia Floresta e, no Rio Grande do Sul, na cidade de Canoas.

Em Rondônia, a eleição simulada será em uma das cidades pioneiras no cadastramento biométrico de eleitores: Colorado do Oeste. O mesmo acontecerá em Santa Catarina, já que o evento ocorrerá no município de São João Batista, também pioneiro neste processo.

Em São Paulo, os eleitores da cidade de Nuporanga poderão testar a nova urna. E, em Tocantins, todos os sete municípios cadastrados para votação pelo sistema biométrico participarão do simulado. São eles: Pedro Afonso, Alvorada, Bom Jesus do Tocantins, Rio Sono, Talismã, Santa Maria do Tocantins e Figueirópolis.

O objetivo dos TREs é treinar os eleitores cadastrados a votarem no novo sistema que tem, entre outras novidades, a vantagem de não permitir que um eleitor vote por outro, garantindo ainda mais segurança e confiabilidade às eleições.

Dois documentos
Para votar nas eleições de outubro, independentemente da identificação biométrica, o eleitor que comparecer à cabine de votação deverá apresentar o título de eleitor e um documento oficial com foto que comprove a sua identidade. A determinação está prevista no artigo 91-A da Lei das Eleições (9.504/1997).

São documentos oficiais para comprovação da identidade do eleitor carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidades funcionais), certificado de reservista, carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação, com foto. Não será admitida a certidão de nascimento ou casamento como prova de identidade do eleitor no momento da votação. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 21 de agosto de 2010, 5h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/08/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.