Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sistema único

Justiça do Trabalho começa a unificar sistemas de informática

Um importante passo para o desenvolvimento de projetos de informatização na Justiça do Trabalho foi concluído esta semana, com o recebimento da primeira etapa da modelagem de dados. Trata-se da sistematização de modelos técnicos a serem empregados na padronização dos procedimentos relacionados com a criação e o gerenciamento de banco de dados.

A modelagem é fundamental para o desenvolvimento do Sistema Único de Acompanhamento Processual (Suap), que compreende um conjunto de ações para a informatização total dos órgãos do Judiciário Trabalhista. A ferramenta será utilizada pelo Tribunal Superior do Trabalho, os 24 Tribunais Regionais do Trabalho e as 1.378 Varas do Trabalho em todo o país, com o objetivo de manter a consistência dos bancos de dados e dar mais eficácia ao seu gerenciamento.

A documentação foi entregue pelo Serviço de Processamento de Dados (Serpro), responsável pelo desenvolvimento do Suap, à Comissão de Avaliação dos Projetos de Informatização (Capi) da Justiça do Trabalho. Criada em 2007 pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho, a Capi conta em sua composição, além dos juízes, com técnicos de Tecnologia da Informação do TST e do CSJT.

As decisões do grupo, que se reúne permanentemente na sede do TST, em Brasília, são adotadas em regime de colegiado, o que garante maior margem de acerto, na medida em que são consideradas todas as opiniões, tanto da área técnica quanto dos usuários finais.

Revista Consultor Jurídico, 12 de maio de 2008, 11h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/05/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.