Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem apoio

Candidata do PDT é proibida de usar imagem de Lula em campanha

A senadora Patrícia Saboya (PDT), candidata à prefeitura de Fortaleza, foi proibida de usar a imagem e o nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador Cid Gomes (PSB). A decisão foi tomada pelo juiz Francisco Darival Beserra Primo, da 82ª zona eleitoral do Ceará, segundo informa O Globo

O presidente e o governador apóiam oficialmente a candidata à reeleição, Luizianne Lins (PT). O pedido havia sido feito pela coligação da petista, na última quarta-feira (20/8).

A proibição vale para o deputado federal Ciro Gomes, que é do PSB, partido que apóia a candidata petista. Ciro é ex-marido da senadora e faz campanha para ela.

O programa de rádio veiculado no horário eleitoral desta segunda-feira (25/8) teve retirada duas falas de Patrícia Saboya. Nelas, ela citava Lula e Ciro. A coligação foi notificada pela Justiça na tarde de domingo (24/8). A candidata irá recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.

Revista Consultor Jurídico, 25 de agosto de 2008, 16h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.