Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Emissão de documentos

Convênio pode viabilizar CPF junto com registro de nascimento

A Receita Federal deve assinar, em agosto, convênio com a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg), que representa os cartórios do país, para viabilizar a emissão de Cadastro de Pessoa Física (CPF) junto com a certidão de nascimento. A informação é do G1.

“Já tivemos algumas reuniões [com a Receita Federal] e estamos prestes a assinar o convênio em agosto”, afirmou o presidente da Anoreg, Rogério Bacellar. Segundo ele, a maior interessada é a Receita Federal, já que a medida permitirá maior controle dos contribuintes desde o seu nascimento.

A idéia é que seja implantado um projeto-piloto em algumas regiões. Não se sabe, ainda, em quanto tempo a medida passará a ser obrigatória em todo o país. Ainda não está decidido, mas a intenção é que a certidão de nascimento seja emitida junto com uma via do CPF e também gratuita nos cartórios.

Atualmente, os Correios são responsáveis por 60% dos de CPF junto à Receita Federal. Também é possível pedir emissão de segunda via, alteração de dados cadastrais e regularização do CPF. Qualquer um dos serviços custa R$ 5,50.

No caso de inscrição, a entrega do documento é feita na residência do cliente 15 dias úteis após o pedido. O número da inscrição pode ser informado pela agência dois dias úteis após o atendimento, desde que o pedido não tenha sido feito em uma agência franqueada.

O documento armazena informações cadastrais fornecidas pelo próprio contribuinte e pelos outros sistemas de dados da Receita Federal. Segundo dados da Receita, 66,3 milhões de pessoas renovaram o CPF em 2007 por meio da chamada declaração de isento, que também deve ser extinto neste ano. Além disso, outras 24 milhões de pessoas declararam IR neste ano, o que também funciona como uma confirmação do CPF.

Revista Consultor Jurídico, 3 de agosto de 2008, 13h50

Comentários de leitores

4 comentários

É boa a iniciativa da Receita Federal, pois vai...

Cláudio R. (Advogado Autônomo)

É boa a iniciativa da Receita Federal, pois vai evitar que CPF de pessoas falecidas sejam utilizados em fraudes, o que é muito comum nos dias de hoje. Tem muito defunto com conta bancária e empresa de grande porte e outras coisas mais...

CADÊ A GRITARIA? Sinto falta das reclamaçõ...

Ticão - Operador dos Fatos ()

CADÊ A GRITARIA? Sinto falta das reclamações. Grande Irmão. Estado Totalitário. Controle Total. Como se já não fosse possível. .

Caro João Antônio, tenho a mesma opinião. Que ...

Zito (Consultor)

Caro João Antônio, tenho a mesma opinião. Que cria-se um único documento, a cada passo que fosse tirando um que se atualiza-se os dados cadastrais do cidadão: Ex: identidade, carteira de motorista, cpf e tantos outros.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 11/08/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.