Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mudança eleitoral

Recontagem altera lista de deputados eleitos em São Paulo

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo recontou, nesta terça-feira (13/3), o resultado das eleições de 2006 para deputado estadual. Com o novo cálculo, o quociente eleitoral e a distribuição das vagas foram alterados. O candidato petista Ênio Francisco Tatto (coligação PT/PCdoB), que obteve 88.648 votos, agora foi considerado eleito. O candidato Fausto Figueira de Mello Júnior, do mesmo partido, com 55.599 votos, passa ocupar a primeira suplência da coligação.

A nova alteração foi necessária porque o tribunal aprovou a candidatura de Tatto apenas no dia 8 de março. Em agosto de 2006, Tatto teve seu pedido de registro negado por falta da certidão de quitação eleitoral. A irregularidade foi superada depois que o documento foi apresentado.

Com a nova totalização, a terceira realizada pelo TRE, o número de votos válidos para deputado estadual passou de 20.487.362 para 20.576.010 e o quociente eleitoral de 217.951 para 218.894.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2007, 20h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.