Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

É a maioria

Na Justiça do Trabalho paulista há mais mulheres que homens

A Justiça do Trabalho de São Paulo não tinha juízas até 1957, quando tomou posse a primeira mulher: Neusenice Azevedo Barreto. Cinqüenta anos depois da primeira mulher, a Justiça trabalhista paulista conta com mais mulheres do que homens: são 193 juízas e 134 juízes. O levantamento foi feito por conta do dia das mulheres, comemorado nesta quinta-feira (8/3).

Nas 161 varas trabalhistas, atuam 226 juízes. São 158 mulheres. As varas englobam a capital, Grande São Paulo, ABC e Baixada Santista. No Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, são 35 juízas, de um total de 57. Essa participação não pára de crescer. Entre os servidores do TRT paulista a presença feminina também é marcante. Já são 2.175 mulheres de um total de 3.650 servidores.

Revista Consultor Jurídico, 8 de março de 2007, 14h00

Comentários de leitores

4 comentários

Parabens a todas a mulheres do planeta, em espe...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Parabens a todas a mulheres do planeta, em especial as brasileiras. Não vai demorar teremos uma mulher comandando esse País, desde que não seja a Sra. Martha, Roseana "traidora", Patricia Gomes e outras do mesmo time, que já se contaminaram. Hoje tem mais juizas nos TRT´s, em função dos baixos vencimentos pagos na década de 80 e 90, período em que não era atrativo a magistratura.

Parabéns pelo seu dia!!!

tejada1634 (Vendedor)

Parabéns pelo seu dia!!!

Todo poder às mulheres! Exceto, claro, as Thatc...

Armando do Prado (Professor)

Todo poder às mulheres! Exceto, claro, as Thatcher (é assim que se escreve?)da vida...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.