Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Informação rápida

Dados da PF serão disponibilizados para juízes do Rio

Por 

A Justiça do Rio de Janeiro também terá acesso aos dados do Sistema Nacional de Informações Criminais (Sinic), da Polícia Federal. O convênio foi assinado, nesta sexta-feira (27/7), pelo presidente do Tribunal de Justiça do estado, desembargador José Carlos Schmidt Murta Ribeiro, e o diretor técnico científico da PF, Geraldo Bertolo.

O Sinic já está disponível em outros estados, como Goiás. Por meio dele, é possível que os juízes tenham acesso a ficha criminal e informações relativas à condenação. Além disso, os juízes poderão inserir no sistema, por meio de uma senha, a própria sentença, complementando o banco de dados.

Para o presidente do tribunal, com a tecnologia disponível, será possível acessar, de forma quase instantânea, um conjunto de informações, que agilizará o trabalho do Judiciário. Ele reconheceu que a Justiça fica com receio em relação à tecnologia, mas acredita ser necessário usar esses meios para combater a criminalidade no país.

Segundo o representante da Polícia Federal, com o sistema integrado de informações, um estado não perderá tempo investigando e procurando alguém que já está preso em outro estado. O acordo terá duração de cinco anos e, posteriormente, poderá ser prorrogado por mais cinco. Atualmente, são 2,5 milhões de pessoas cadastradas no banco de dados da PF.

 é correspondente da Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2007, 17h01

Comentários de leitores

1 comentário

FIRMA LARANJA COM A CONIVENCIA DO MINISTERIO PU...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

FIRMA LARANJA COM A CONIVENCIA DO MINISTERIO PUBLICO E DO TJ-RJ. ********************************************************************** DEMOCRATAS: EXTORQUE NA AVENIDA DO PEDAGIO, ENQUANTO MINISTERIO PUBLICO DO RIO DE JANEIRO FATURA ACIMA DO TÉTO. ********************************************************************** SEFAZ-RJ precisa explicar como emitiu CNPJ para empresa explorar pedágio na AVENIDA CARLOS LACERDA (Linha Amarela), de acordo com a Lei nº 8.934/94, não podem ser registrados documentos que não obedeçam às prescrições legais ou regulamentares, não há respaldo na Lei para esse tipo de cadastro, no mesmo sentido o Município que exarou alvará de funcionamento. Ou seja, a empresa ou é Laranja ou Estado é ESTELIONATARIO, e como o poder Judiciário sabe de tudo é omisso conivente e criminoso também. Os promotores, procuradores e corregedor juntamente com aquele conselho, prevaricaram por negligencia e falta de interesse em apurar os fatos, nos contratos e referidos termos aditivos destes de Obras 512/94, de Concessão 513/94, de Segurança Particular Armada em Via Pública, assinados pelo Executivo Municipal em favor da concessionária OAS Ltda., Linha Amarela Sociedade Anônima – LAMSA em detrimento da Legalidade, noticiados de Fraude em recibos emitidos pela Linha Amarela Sociedade Anônima, Improbidade administrativa do Executivo Municipal no ato de concessão, Lesão ao principio de Isonomia, pois apenas 20% dos usuários pagam o pedágio, Contratações Criminosas de Segurança Armada com posto de destacamento em vias publicas sem consulta a SSP-RJ e a PMRJ, Constituição de Empresa de Cobrança de Pedágio junto ao CNPJ 00.974.211/0001-25 de 03/11/2005, emissão de Alvará Municipal e registro JUCERJ tudo ilegal, e mais, do afastamento da LAMSA dos quadros do Conselho de Valores Monetários – CVM. ********************************************************************** LEVANTAMENTO REVELA 1.039 SALARIOS NO MP ACIMA DO TETO. ********************************************************************** Ministério Público - RJ é o primeiro da lista do levantamento, com 275 membros e servidores com salários acima do teto constitucional. ********************************************************************** OBS: Assembléia Legislativa aprovou e o governador sancionou uma lei prevendo remuneração e gratificações que aumentam os vencimentos totais do Ministério Público. ********************************************************************** “PERGUNTAMOS: SERIA ESSE UM DOS MOTIVOS DA CONIVENCIA DO MPERJ COM O PEDAGIO DA AVENIDA CARLOS LACERDA – LINHA AMARELA/LAMSA (?)” ********************************************************************** http://jbonline.terra.com.br/extra/2007/06/18/e180620568.html ********************************************************************** http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2007/07/389063.shtml **********************************************************************

Comentários encerrados em 04/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.