Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Batalha social

EUA: Punidos por crime sexual ferem lei e moram perto de escolas

Por 

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos divulgou nesta quinta-feira (19/7) números que deixaram a população da Califórnia sob revolta: cerca de 2,1 mil homens que cometeram crimes sexuais estão desrespeitando a lei local e moram nas proximidades de escolas. Segundo o sistema correcional da Califórnia, movê-los de suas casas será uma “batalha social”. As informações são do site Findlaw.

Uma lei chamada Jéssica proibiu que condenados por crimes sexuais que estão em liberdade condicional morem a menos de 3 mil metros de uma escola ou parque público. A norma foi submetida à consulta pública sob a forma de plebiscito, em 2006, e obteve 70% de aprovação.

O sistema correcional da Califórnia dará prazo de 45 dias para que essas pessoas mudem de casa.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2007, 18h32

Comentários de leitores

1 comentário

Boa senhor Tognolli, foi fundo! A Califórnia p...

futuka (Consultor)

Boa senhor Tognolli, foi fundo! A Califórnia precisa pensar como um conjunto e não como um estado independente ..ou dê o fora Mr Arnold!! Que façam como alguns outros estados americanos, onde quando um indivíduo que foi julgado e condenado é identificado pela comunidade (o que não é difícil por lá)nas ruas do bairro é afixado um cartaz indicando que o condenado(ou ex)vive nas cercanias, naturalmente inibe e incita a população a "ficar de ôlho", restando ao mesmo sua mudança para outras localidades menos vigiada ou regiões longínquas, onde por certo vai encontrar dificuldades em se misturar com as pessoas, isto o deixa visível e vulnerável para a prática de um crime, não permitindo assim que a maioria desses "monstros" atinjam objetivos outros os que não sejam se integrar,ou SENÃO "whoknows..

Comentários encerrados em 27/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.