Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Taxistas do islã

Táxi que recusa passageiro por motivo religioso será punido

Por 

O Aeroporto Internacional de Saint Paul, em Minneapolis, propôs , incluindo suspensão de licença, para motoristas de táxi muçulmanos que têm se recusado a transportar pessoas que estejam bebendo, carregando bebidas alcoólicas ou mesmo cães-guia. A recusa está baseada em preceitos religiosos do islã.

Segundo o site Findlaw, a Comissão Metropolitana do aeroporto foi instada a promover audiências públicas no sentido de se aprovar a suspensão dos motoristas que se neguem a transportar pessoas por outras razões que não as de segurança.

A proposta é que os motoristas, face à primeira acusação, tenham a carteira suspensa por 30 dias e, na segunda, esse prazo vá para dois anos de gancho. “Nossa expectativa é que se você vai ser motorista de táxi num aeroporto internacional, deve fornecer seu serviço para todos aqueles que o demandem”, disse o porta-voz da Comissão Metropolitana, Patrick Horgan.

Bert Mckasy, responsável pelo setor de transportes do aeroporto, disse que a questão proposta pelos muçulmanos é que botar em seus taxis álcool ou cães, mesmo que sejam cães-guia de cegos, “viola credos religiosos” . A cada mês, cerca de 100 pessoas recebem um “não” de motoristas muçulmanos, alegando tais condições.

Três quartos dos 900 motoristas de taxi do aeroporto são somalis muçulmanos. Ano passado, os motoristas do aeroporto receberam “fatwas”, éditos islâmicos, da capela islâmica de Minnesota, pelas quais se proibia motoristas islâmicos de carregar passageiros com álcool porque isso “compreenderia cooperar com o pecado, de acordo com o Islã”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 5 de janeiro de 2007, 16h32

Comentários de leitores

18 comentários

dermeister Acho que com esta você matou toda...

Band (Médico)

dermeister Acho que com esta você matou todas! Boa lembrança!

Antes de dizer se essa decisão é discriminadora...

dermeister (Outros)

Antes de dizer se essa decisão é discriminadora ou anti-discriminação, gostaria de saber o que aconteceria a um taxista americano que negasse uma corrida a um muçulmano "por questões de segurança".

Caro Richard Smith Se esquecermos todos os c...

Band (Médico)

Caro Richard Smith Se esquecermos todos os crimes contra a humanidade praticado pelo catolicismo, sobram coisas boas, pouquíssimas, por sinal! Mas se tirarmos os crimes comunistas também! Não podemos separar as coisas assim. Democracia pelo catolicismo? Que barbaridade as coisas se dizem em nome do fanatismo! Logo a Igreja católica que defendia a escravidão, a conversão pela fogueira, a unção de imperadores e reis como representantes divinos na terra! Liberté, Egalité, Fraternité Não foi inspiração cristã, mas a explosão do humanismo milênios sufocados pelos clericais e aristocratas! Onde questionar o geocentrismo era crime punível com a morte! Como esquecem fácil os seus crimes... Abraços

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.