Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Incapaz para trabalhar

Companhia de lixo é condenada a indenizar funcionário acidentado

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói está obrigada a pagar R$ 100 mil de indenização para Luiz Henrique Ferreira dos Anjos. O funcionário foi atropelado pelo próprio caminhão da Companhia enquanto trabalhava, em setembro de 1993.

O juiz Alexandre Eduardo Scisinio, da 9ª Vara Cível de Niterói, considerou que a companhia agiu com negligência ao permitir que seu empregado coletasse lixo e fosse transportado na parte externa do veículo. Cabe recurso.

O laudo do perito concluiu que, em decorrência do acidente, Luiz Henrique ficou com incapacidade total permanente e precisará de tratamento psicológico. Além das indenizações de R$ 50 mil por danos morais e mais R$ 50 mil por danos estéticos, a companhia ficou obrigada a pagar pensão de dois salários mínimos até a vítima completar 70 anos de idade.

Revista Consultor Jurídico, 4 de janeiro de 2007, 18h49

Comentários de leitores

1 comentário

Parabens ao juiz Alexandre Scisinio pela corajo...

Paulo Chaves de Araujo (Consultor)

Parabens ao juiz Alexandre Scisinio pela corajosa decisão que irá contribuir para que as Companhias de coleta de lixo comprem caminhão com cabine dupla para transporte dos coletadores a fim de evitar acidentes.

Comentários encerrados em 12/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.