Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Entre amigos

Apple e Cisco evitam batalha judicial e decidem dividir marca

A Cisco Systems e a Apple anunciaram, na quarta-feira (22/2), que fecharam um acordo sobre o uso da marca iPhone. Agora, as duas empresas poderão usar o nome. Na semana passada, a fabricante de equipamentos para telecomunicações apresentou uma ação no Tribunal Federal de São Francisco, na Califórnia, reclamando a exclusividade do nome.

Em nota conjunta, as companhias afirmaram que ambas poderão usar a marca iPhone em seus produtos. Cada lado irá cancelar qualquer processo pendente na Justiça. Detalhes sobre o acordo não foram revelados.

Dona da marca iPod, a Apple lançou em janeiro o mais moderno dos celulares chamando-o de iPhone. A Cisco, porém, conseguiu os direitos sobre a marca iPhone em 2000, quando comprou a Infogear, que detinha a propriedade do nome e vendeu por vários anos aparelhos com esta denominação. A Linksys, divisão da Cisco, vende aparelhos com o nome iPhone desde o ano passado.

Melhor caminho

Não é a primeira vez que a Apple mostra que as partes podem chegar a um acordo sem precisar esperar decisões da Justiça. Uma das mais famosas disputas judiciais do mundo da música teve um final feliz no começo deste mês. A Apple Computers, do Macintosh, e a gravadora Apple, que tem os direitos sobre as músicas dos Beatles, anunciaram um acordo sobre o uso do nome “Apple” e do logo com a maçã.

Com ele, a empresa de informática detém agora todas as marcas registradas relacionadas com a palavra “Apple” e irá autorizar o uso de algumas marcas para a gravadora. “Amamos os Beatles e era doloroso estar em disputa com eles por causa dessas marcas", disse o presidente da Apple e pop-star da informática, Steve Jobs, no comunicado.

Revista Consultor Jurídico, 22 de fevereiro de 2007, 14h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.