Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Comando feminino

Alicia Pucheta é eleita presidente da Corte Suprema do Paraguai

Como no Supremo Tribunal Federal, com a ministra Ellen Gracie, a Corte Suprema de Justiça do Paraguai tem agora uma mulher na presidência. Na terça-feira (6/2), a juíza Alicia Pucheta de Correa, 57 anos, foi eleita a primeira mulher a dirigir o tribunal paraguaio. Também é a primeira vez que uma mulher torna-se presidente de um dos três poderes do Estado.

Alicia, eleita em votação secreta, ficará na presidência pelo biênio de 2007/2008. Na primeira entrevista coletiva, a nova presidente, que é filiada ao Partido Colorado, prometeu uma “Justiça de portas abertas e com presença firme fortalecendo as vias e meios que possibilitem o acesso a informação de toda a cidadania”.

Alicia Pucheta de Correa é doutora em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito e Ciencias Sócias da Universidade Nacional de Assunção. A nova presidente ocupou cargos em tribunal de primeira instância e até de datilógrafa. Em 2004, foi eleita para o cargo de ministra da Corte Suprema. Seu pai, o falecido jurista Justo Pucheta Ortega, foi membro do mesmo tribunal de 1968 a 1989.

Como primeiro vice-presidente, foi nomeado o ministro César Garay Zuccolillo, enquanto a segunda vice-presidência ficou para Antonio Fretes.

Revista Consultor Jurídico, 7 de fevereiro de 2007, 17h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.