Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jornalista inocentado

Justiça dos EUA livra jornalista de indenizar membro do Exército

Por 

Um juiz de Alexandria, na Virgínia, encerrou o caso em que um colunista do jornal The New York Times era acusado de ter “agido com malícia” ao afirmar que um ex-cientista do Exército americano era o responsável pelos ataques de anthrax - substância transmissora de doenças graves. Esses ataques ocorreram nos Estados Unidos, em 2001. As informações são do Findlaw.

Segundo o juiz Claude M. Hilton, o jornalista Nicholas D. Kristof, em sua coluna, fez questão de “lembrar aos leitores da inocência do autor da presente ação, e salientou o fato que ele era visto por sua família como um patriota que jamais teria perpetuado aquele crime”.

O autor da ação é Steven J. Hatfill, que começou a processar o jornal em 2004. O ex-cientista do Exército dos EUA dizia na ação que o colunista do jornal, em seu artigo, teria o acusado. Mas segundo o juiz, o jornalista “fez esforços para evitar implicá-lo na culpa”.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2007, 9h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.