Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dívida eterna

Sobreviventes do holocausto cobram indenização de Israel

Sobreviventes do holocausto nazista residentes em Israel pleitearam ao governo daquele país, nesse domingo (5/6), em Jerusalém, o pagamento de uma pensão mensal de US$ 20, a título de ressarcimento pelos danos sofridos nos campos de concentração nazistas. As informações são do site Findlaw

Pelo menos 500 idosos protestaram diante do parlamento israelense, carregando cartazes em que se lia “O Holocausto ainda está aqui” e “Perdoem-nos por termos sobrevivido”. Josef Charney, 82 anos, sobrevivente do campo de concentração de Treblinka, disse que “o governo de Israel não nos reconhece”.

Cerca de 240 mil sobreviventes do Holocausto vivem em Israel. Muitos dizem passar fome e querem os US$ 20,00 mensais como pensão. Na semana passada o governo israelense anunciou a liberação de US$ 28 milhões para serem distribuídos entre 120 mil sobreviventes do Holocausto que passam necessidades.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2007, 18h21

Comentários de leitores

5 comentários

Desconheço o ordenamento jurídico de Israel. No...

VANESSA (Estudante de Direito - Civil)

Desconheço o ordenamento jurídico de Israel. No entanto, acredito que o Governo daquele país não deve arcar com essas indenizações e, sim, o governo alemão, verdadeiro responsável por tão grande atentado à dignidade da pessoa humana que foi o holocausto. O governo israelense deve se limitar a combater a situação de pobreza e miséria dessas pessoas e de tantas outras que apesar de não serem sobreviventes do holocausto, encontram-se na mesma situação.

Os sobreviventes têm todo o direito em minha op...

futuka (Consultor)

Os sobreviventes têm todo o direito em minha opinião. Puxa vida e foram maltratados!Imaginem quantos são os que foram bem cuidados, comeram e beberam pela vida inteira saudávelmente e estão por aí "reclamando da sorte", ainda mais, bem nascidos e num país que tem milhões de concidadãos(ãs) recebendo uma "bôlsa família" considerada ainda pequena. Vejam só..que coisa, né!..triste, estou torcendo que tudo acabe bem e sejam felizes com o que lhes restam de vida.

Pelo jeito a farra das indenizações não é privi...

diegodlsantos (Funcionário público)

Pelo jeito a farra das indenizações não é privilégio brasileiro... Entendo a dor dessas pessoas e os traumas da terrível experiência pela qual passaram (e, felizmente, sobreviveram), mas pedir indenização ao Estado de Israel me parece um tanto descabido. Em tempo: cansei das bobagens dos petralhas. Estudo é bom! Experimentem.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.