Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Hora da morte

Mãe tenta impedir hospital de desligar aparelhos do filho no Texas

Por 

Uma moradora de Austin, no Texas (EUA), ajuizou ação nesta terça-feira (10/4) tentando impedir um hospital de interromper a vida de seu filho, Emilio Gonzáles, de um ano e cinco meses de idade. Uma lei assinada por George W. Bush, quando era governador do Texas, faculta aos hospitais o direito de decidir quando devem desligar aparelhos de pessoas.

No caso, os familiares tem buscado outras instituições que queiram manter vivos seus parentes enfermos. As informações são do site Findlaw.

“A família tomou a decisão de manter Emilio vivendo por meios artificiais”, disse Joshua Carden, advogado da família. O Hospital de Crianças de Austin cuida de Emílio desde 28 de dezembro de 2006. Ele sofre da Moléstia de Leigh, uma doença progressiva e degenerativa.

O hospital invocou a lei estadual para desligar os aparelhos, após uma notificação de 10 dias à família. A família Gonzáles já fez contato com outras 30 instituições em busca de vagas para manter viva a criança.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2007, 18h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.