Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Transporte público

Juiz de São Paulo proíbe nova greve de metroviários

O Metrô paulista está proibido de fazer uma nova greve. A decisão é do juiz Afonso de Barros Faro Júnior, da 7ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo. O juiz acolheu parte da ação movida pela Fazenda Pública contra o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários de São Paulo e os membros da diretoria executiva.

A multa diária, em caso de descumprimento, foi fixada em R$ 100 mil. O juiz negou o pedido de indisponibilidade de bens dos réus.

Uma paralisação de metroviários no dia 15 de agosto deixou 2,8 milhões de pessoas sem transporte público. Os funcionários protestavam contra o que chamam de “privatização” da Linha 4 — Amarela do Metrô. A linha ainda está em construção e as obras só serão concluídas em 2008.

Visite o blog Consultor Jurídico nas Eleições 2006.

Revista Consultor Jurídico, 14 de setembro de 2006, 18h07

Comentários de leitores

2 comentários

Tal matéria não seria de competência da Justiça...

Fábio (Advogado Autônomo)

Tal matéria não seria de competência da Justiça do Trabalho????!!!??

O que adianta? O Sindicato sempre recorre dessa...

FATBOY (Secretário)

O que adianta? O Sindicato sempre recorre dessas multas e nunca as paga. Prá inglês ver!!!

Comentários encerrados em 22/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.