Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vaga na Esplanada

Alberto Toron é cotado para o Ministério da Justiça

Por 

Corre a notícia em Salvador, onde acontece o Congresso da União Internacional de Advogados (UIA), de que o advogado Alberto Zacharias Toron será o próximo ministro da Justiça, em substituição a Márcio Thomaz Bastos. Toron nega, como convém a quem foi convidado mas ainda não foi anunciado.

Procurado pela Consultor Jurídico, em Salvador disse que não será ministro e que tudo não passa de especulação. Mas confirmou que na tarde desta terça-feira (31/10/2006) tem uma conversa reservada com Thomaz Bastos, de quem é amigo pessoal.

A informação de sua provável indicação foi divulgada, nesta segunda-feira, na coluna do jornalista Cláudio Humberto, publicada na internet e em vários jornais do país. .

Criminalista como o atual ministro, de quem é amigo pessoal, Toron atuou em casos de grande repercussão nacional. Atuou na defesa do juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, acusado de participar de desviar dinheiro público da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, e do ex-juiz João Carlos da Rocha Mattos, tido como o líder de um esquema de venda de sentenças judiciais. Atuou também como assistente de acusação no julgamento de Suzane Von Richtofen, condenada pelo assassinato dos próprios pais.

Formado pela PUC em 1981, foi presidente do Ibccrim e do Conselho Estadual de Entorpecentes no governo Mário Covas (PSDB). É conselheiro federal da OAB onde ocupa a vice-presidência da Comissão de Prerrogativas. É professor licenciado de Direito Penal da PUC-SP.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2006, 13h01

Comentários de leitores

19 comentários

Dijalma Lacerda - Presidente da OAB/Campinas. ...

Dijalma Lacerda (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Dijalma Lacerda - Presidente da OAB/Campinas. Eu conheço o Dr. Toron e posso falar dele com a tranquilidade que me confere 31 anos de advocacia, dez de magistério do Direito e seis de presidente de OAB. É uma pessoa simplesmente sensacional, SOBRETUDO HUMANA. Tenho a certeza de que se isto acontecesse - isto é, ele aceitasse ser Ministro da Justiça (até acho que ele não aceitará já que sua banca de advocacia é das mais conceituadas do país, inclusive com reconhecimento internacional) seria um valioso ponto ganho por todos os brasileiros. Eu, da minha parte, caso ele necessite, estou disposto a trabalhar ajudando em sua faina, DE GRAÇA . Dijalma Lacerda. E.T.: Quanto a ser criminalista, eu substituiria pelo adjetivo "humanista".

Outro criminalista, porque será? qual a afinida...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Outro criminalista, porque será? qual a afinidade do Presidente c/criminalista? os demais profissionais do direito que possuem maior cultura jurídica estão literalmente desprestigiados.

O governo Lula realmente precisa de ótimos advo...

WRO (Delegado de Polícia Estadual)

O governo Lula realmente precisa de ótimos advogados criminalistas no Minstério da Justiça...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 08/11/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.