Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições OAB-SP

D’Urso se firma na liderança e deve ser reeleito para a OAB-SP

Por 

Encerrada a apuração na capital, Luiz Flávio Borges D’Urso mantém a liderança e já fala como presidente reeleito da OAB paulista. Mesmo os correligionários de Rui Celso Reali Fragoso, principal candidato da oposição, já começam a perder as esperanças de que haja uma virada.

Apurados os votos de 189 das 431 urnas espalhadas pelo estado, D’Urso abriu diferença de 13 mil votos do principal candidato da oposição, Rui Celso Reali Fragoso. O candidato à reeleição tem 50.129 votos (50%) contra 37.562 (34,5%) de Fragoso. Os números são referentes à apuração feita até às 22h10 desta quinta-feira (30/11).

O candidato à reeleição afirmou que o reconhecimento dos advogados pelo seu trabalho apareceu nas urnas. “Cumprimos todos os compromissos assumidos”, disse. De acordo com ele, a principal meta num segundo mandato é ajudar a acelerar o trâmite de processos no Judiciário e fazer com que a OAB esteja “na liderança da sociedade civil”.

Na capital, a diferença de pouco mais de mil votos entre os dois principais candidatos mostrou uma disputa acirrada. D’Urso teve 19.565 votos contra 18.216 de Fragoso. Leandro Pinto ficou com 1.864 votos e Clodoaldo Pacce com 683. Brancos e nulos somaram 3.449 votos.

Veja o resultado parcial no estado

Luiz Flávio Borges D’Urso — 50.129 votos (50%)

Rui Celso Reali Fragoso — 37.562 (34,5%)

Leandro Pinto — 3.211 (3,2%)

Clodoaldo Pacce — 1.136 (1,1%)

Nulos — 4.925 (4,9%)

Brancos — 3.236 (3,2%)

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 30 de novembro de 2006, 22h11

Comentários de leitores

0 comentários

A seção de comentários deste texto foi encerrada.