Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dúvida na rede

O site tribunaldejustica.com.br parece, mas não é falso

A dúvida certamente não ocorreu aos milhares de interessados em assistir ao júri de Suzane Richthofen que acessaram o site www.tribunaldejustica.com.br para se inscrever a uma vaga. Mas ao observador mais atento o detalhe não escapou: o normal de um site de um órgão do Estado seria usar a terminação gov.br e não com.br como foi usado.

Não se trataria de um scam, os temidos sites de apropriação de dados de internautas incautos usados por hackers mal intencionados? A dúvida passou, por exemplo, pela cabeça do advogado Omar Kaminski, de Curitiba, que alertou a ConJur, como também do leitor fmachado, nos comentários da notícia anterior sobre o assunto (Sorteio na Rede).

O Tribunal de Justiça de São Paulo, por sua assessoria de imprensa, esclareceu que o referido site não tem nada de maligno, e apesar de sua terminação, é usado pelo Tribunal do Júri para comunicação restrita. Seu domínio foi registrado em nome de Marcelo Antonio Nantes Pereira, funcionário do Tribunal, com a devida autorização da presidência.

Ou seja, embora não esteja em situação totalmente regular, o site do Tribunal do Júri de São Paulo não tem má-intenção. Quem o acessou não precisa temer pelo mau uso das informações que prestou. Em tempo: desde que sofreu a avalanche de pedidos de inscrição para o júri de Suzane Richthofen, o site continua fora do ar por insuficiência técnica.

Revista Consultor Jurídico, 30 de maio de 2006, 17h07

Comentários de leitores

1 comentário

E a Globo, também autorizou o http://www.redegl...

Murilo Pinto (Jornalista)

E a Globo, também autorizou o http://www.redeglobodetelevisao.com.br , que tem até uma cópia do formulário de inscrição? E o Enéas o meunomeeeneas.com.br e o PC do B o pcdob.com.br? https://registro.br/cgi-bin/nicbr/whois?qr=003.479.287/0001-72 Tudo autorizado pra uma doceria que usa o CNPJ de uma oficina?

Comentários encerrados em 07/06/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.