Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contra nanicos

Rede Globo pede que TSE homologue regras de debate

A Rede Globo encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral pedido para que sejam homologados os critérios para o debate com os candidatos a presidente da República. O programa está marcado para ir ao ar no dia 28 de setembro.

A emissora comunica que fez diversas reuniões com os representantes legais dos partidos com representação na Câmara dos Deputados. Tanto o PSL, de Luciano Bivar, quanto o PSDC, de Eymael, concordaram em não participar por não se enquadrarem nos critérios estabelecidos. Por isso, a Rede Globo pediu a homologação dos acordos firmados com estes partidos. Já o PSOL, da senadora Heloisa Helena, que também não se enquadra nas regras do TSE, está pleiteando ao tribunal seu direito de participar .

As reuniões tiveram o objetivo de expor o formato do debate. Foi definido que na semana do programa, a TV Globo divulgará pesquisa eleitoral feita pelo Ibope ou pelo Datafolha. Participarão do debate, alternativamente, os cinco candidatos que obtiverem ao menos cinco pontos percentuais na pesquisa ou aqueles que sejam filiados a partidos políticos com ao menos cinco deputados federais atualmente.

Revista Consultor Jurídico, 26 de julho de 2006, 7h00

Comentários de leitores

1 comentário

Eu gostaria de dizer, inicialmente, que qualque...

Junior (Serventuário)

Eu gostaria de dizer, inicialmente, que qualquer debate acerca da campanha eleitoral tem que ser democrático. Ou seja, qualquer candidato tem que ter o direito de participar, ainda que não tenha representatividade no Congresso. Cito o exemplo da Rede Bandeirantes que, brevemente, irá realizar o seu debate com os candidatos que aceitaram participar do mesmo sem restrições, as quais estão sendo tratadas.

Comentários encerrados em 03/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.