Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crise no ar

Falta de detalhes de proposta pode adiar leilão da Varig

Os juízes que acompanham o processo de recuperação da Varig admitem que a assembléia de credores marcada para o dia 10 de julho pode ser adiada por falta de detalhamento da proposta feita pela VarigLog para a compra da companhia aérea. As informações são da Agência Globo.

“O plano está em linhas gerais, mas tem de ser detalhado para que os credores tenham conforto para votar”, explicou o juiz Paulo Roberto Fragoso.

Segunda a juíza Márcia Cunha, que também está à frente do processo, o detalhamento da proposta da VarigLog deveria ter sido entregue nessa terça-feira (4/7), mas a ex-subsidiária teria pedido prazo até o fim da tarde desta quarta para enviar esse detalhamento. Ainda segundo a juíza, na proposta que consta nos autos do processo de recuperação, estão faltando números referentes a como e de que maneira será garantida a continuidade da Varig antiga.

“Na proposta, disseram que vão fazer leasing, mas leasing do quê? É isso que a gente precisa saber para avaliar se haverá fluxo suficiente para manter a Varig ativa”, disse a juíza. Para Márcia Cunha, é com base nesses números que a Varig antiga poderá apresentar um cronograma de pagamento aos seus credores.

A juíza explicou que, diante da ausência do detalhamento da proposta da VarigLog até o momento, não tem como ser feita a conclusão do edital do leilão. “Sem o detalhamento, a gente não tem como estabelecer nada.”

A Varig pagou nesta quarta-feira (5/7) R$ 175 mil à Infraero referente a tarifas de embarque de quinta-feira (6/7).

Revista Consultor Jurídico, 5 de julho de 2006, 19h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.