Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Partida de futebol

Árbitro de futebol agredido por jogadores consegue indenização

Três jogadores de futebol amador de Mondai (SC) estão obrigados a pagar R$ 10,5 mil para o árbitro Valdir Rohr por danos morais. Ele foi agredido verbalmente e fisicamente pelos atletas durante uma partida de futebol. A decisão é da 2ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Cabe recurso.

De acordo com os autos, o episódio ocorreu em 1999. A Associação da Cooperativa Arco Íris, em Iporã do Oeste, promoveu um jogo amistoso fora de campeonato em comemoração ao Dia do Trabalho. Enquanto apitava, o árbitro sofreu agressões físicas e verbais dos atletas Enoir Correa, Sedenir Correa e Ademir Batista Braga.

Por conta dos socos e pontapés que recebeu, ele teve ferimento aberto na região mandibular direita, ranhuras no ombro direito com edema e traumatismo na coluna dorsal lombar. Os jogadores foram também condenados ao pagamento de R$ 120 por danos materiais.

O relator do processo, desembargador Mazoni Ferreira, confirmou a decisão de primeira instância por considerar que o valor estipulado para a indenização não extrapolou os limites da razoabilidade, repercussão e gravidade do caso.

Apelação Cível 2001.010938-7

Revista Consultor Jurídico, 4 de julho de 2006, 13h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.