Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Na terra do inimigo

Conselho de combate ao trabalho escravo se reúne em MT

Por 

A Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo decidiu encarar o problema de frente. Marcou sua próxima reunião ordinária, de 13 a 15 de março, em Cuiabá. O encontro em Mato Grosso será uma espécie de desagravo público.

Foi naquele estado que fiscais do trabalho foram alvo de disparos de armas de fogo, em 9 de fevereiro passado, quando inspecionavam fazendas em Nova Lacerda, região norte do estado. O ataque partiu de policiais militares, com a alegação de que atendiam a um chamado do proprietário da Fazenda Sankara, que afirmava ser vítima de invasão, roubo e seqüestro na sua propriedade.

Os membros do Conselho consideram Mato Grosso um dos grandes focos da exploração da mão-de-obra rural pelos donos da terra. Em Cuiabá debaterão novas medidas para encarar o problema. A Comissão Pastoral da Terra estima que existam de 25 mil a 40 mil brasileiros sendo explorados por maus patrões, sobretudo no interior do país.

 é jornalista.

Revista Consultor Jurídico, 26 de fevereiro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.