Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Por melhores salários

Procuradores da Fazenda Nacional entram em greve nesta segunda

Os procuradores da Fazenda Nacional começam uma paralisação nacional nesta segunda-feira (13/2). Eles reivindicam por melhores salários, por um maior investimento na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e pelo descontingenciamento do Fundaf.

Segundo a categoria, o governo federal continua insensível aos pleitos dos procuradores. Eles afirmam que o salário de membros da magistratura é quase o triplo do salário deles.

Na terça (14/2) e na quarta-feira (15/2), uma caravana com procuradores de todo o Brasil se concentrará no Congresso Nacional. A categoria também fará manifestações nos Poderes Executivo e Judiciário.

Revista Consultor Jurídico, 12 de fevereiro de 2006, 12h50

Comentários de leitores

7 comentários

Concordo que a greve seja um instrumento legíti...

Renata Azeredo da Silva (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Concordo que a greve seja um instrumento legítimo mas a usurpação de qualquer direito é anti-ética e imoral. O problema é que o patrão, no caso, por LIVRE E ESPONTÂNEA VONTADE DESSES ADVOGADOS é o Estado Brasileiro e é nesse contexto que tem de ser analisada a greve. Parece até piada que em um país como o nosso, onde o salário mínimo é realmente mínimo, campeão em desigualdade social, precisando de empregos, com um estado inflado e ineficiente, classes com os proventos como a dos Procuradores da Fazenda, agraciados com mil vantagens de valores, garantias, elasticidade na jornada de trabalho (na prática, óbvio!) e renda muito acima, diria eu, que da maciça maioria de seus pares na iniciativa privada, se ache no direito de entrar em greve! Isso chega a ser um deboche e no mínimo uma total falta de consciência cidadã, certamente obnubilda pelo corporativismo!!

Prezado Ivan: Talvez você nunca tenha trabalha...

observador_paulista (Outros)

Prezado Ivan: Talvez você nunca tenha trabalhado na vida, por isso ainda não tenha noção do que seja cidadania... A greve é um instrumento lídimo, colocado a disposição dos trabalhadores pela Constituição e, caso você não saiba, só é utilizada em último caso, quando não há diálogo com a parte detentora do poder econômico. Em razão de pessoas com pensamento tão pequeno como o seu é que o Brasil está assim. Batalhar por direitos não é crime. De qualquer forma, você ainda terá tempo para apreender com a vida...

O racioncíonio inverso deveria se aplica. Porqu...

Mauro Garcia (Advogado Autônomo)

O racioncíonio inverso deveria se aplica. Porque ao invés de aumetar a PFN, não abaixa o do Judiciário. Tudo com excelentes reflexos diretos na diminuição da carga tributária.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 20/02/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.