Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Análise financeira

José Serra tem prestação de contas aprovada pelo TRE-SP

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), teve a prestação de contas aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral paulista. Por 5x1, os juízes eleitorais aprovaram a prestação de contas do governador eleito e do comitê financeiro do PSDB.

Para o TRE paulista, as doações recebidas de empresas que controlam ou são subsidiárias de concessionárias de serviço público não são vedadas pela legislação eleitoral. Segundo os juízes, essas empresas não podem ser confundidas com as concessionárias, cuja doação é proibida, porque são pessoas jurídicas distintas com contratos sociais diversos.

A campanha de Serra recebeu doação de R$ 700 mil da Caemi Mineração e Metalúrgica, controlada pela Companhia Vale do Rio Doce. Da carioca Cristiani Nielsen Engenharia, controladora do grupo CRT — Concessionária Rio-Teresópolis, recebeu R$ 100 mil. Serra foi representado pelo advogado Arnaldo Malheiros.

Paulo Maluf (PP), Fernando Capez (PSDB), Paulinho da Força (PDT) e Antônio Palocci (PT), representados pelo advogado Eduardo Nobre (com Fátima Nieto, no caso de Palocci), e Eduardo Suplicy (PT), também estão entre os candidatos que tiveram a prestação de contas aprovada.

O julgamento de mais de 100 processos referentes às contas dos eleitos começou na segunda-feira (11/12) e continua nesta terça-feira (12/12). A diplomação está marcada para 19 de dezembro, às 10 horas, na Assembléia Legislativa.

Revista Consultor Jurídico, 12 de dezembro de 2006, 16h17

Comentários de leitores

1 comentário

Nossa, as "meninas" vão ficar danadas! Vão ...

Richard Smith (Consultor)

Nossa, as "meninas" vão ficar danadas! Vão começar já, já, a falar de "corrupção", "tráfico de influência tucana", "conspiração neo-liberal", "juízes vendidos", etc. Querem ver?

Comentários encerrados em 20/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.