Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conciliação em alta

TJ paulista teve 81% de acordos em 213 audiências de empresas

O Projeto de Atendimento Diferenciado do Tribunal de Justiça de São Paulo, conhecido como Expressinho, teve índice de 81,69% de acordos nas 213 audiências feitas em novembro. Os atendimentos referem-se às empresas Eletropaulo, Embratel, Sabesp, Telefônica e Unibanco, que mantêm parceria com o tribunal no projeto.

Em breve, os bancos HSBC, Panamericano, Bradesco e a Amil — Administradora de Plano de Saúde também devem aderir ao projeto.

O Expressinho foi implantado em 2004, com o objetivo de resolver conflitos de forma rápida e sem a necessidade de propor ação judicial. O sistema contribui para evitar a alta demanda no Judiciário estadual, onde os processos em andamento já passam dos 15,5 milhões.

Os consumidores que se sentem lesados por alguma das empresas citadas procuram o Expressinho e apresentam suas queixas. A empresa é avisada da reclamação por e-mail e uma audiência de conciliação é marcada no prazo de 15 dias.

O setor funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, na Rua Vergueiro, 835, 3º andar. O prédio fica ao lado da estação Vergueiro do Metrô, no bairro do Paraíso, na capital de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 7 de dezembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.