Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Definição de infração

Advogado acusado de pressionar juíza quer anular ação

O advogado Luiz Carlos Lorenzetti, acusado de ter ameaçado uma juíza para obter decisões favoráveis no processo em que atuava, entrou com pedido de Habeas Corpus, no Supremo Tribunal Federal. Ele quer anular a ação por atipicidade da conduta.

O advogado foi denunciado ao Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil por ter pedido providências ao seu caso sob pena de “perpetrar uma série de ações e procedimentos judiciais em desfavor da juíza”.

A defesa alega que o uso de ameaças com o objetivo de pressionar o juiz à decisão do interesse do advogado não constitui crime. E que as acusações tinham o caráter de infração disciplinar e não de infração criminal.

Por isso, de acordo com a defesa, “o crime mencionado seria de ameaça (artigo 147 do Código Penal) e não de coação no curso do processo (artigo 344 do Código Penal)”. O primeiro com pena prevista de um a seis meses ou multa e, o segundo, com pena de reclusão de um a quatro anos.

A atipicidade da conduta se dá pelo fato de o crime não se enquadrar, segundo os advogados, em nenhum dos dois crimes previstos. O relator é o ministro Ricardo Lewandowski.

HC 90.136

Revista Consultor Jurídico, 6 de dezembro de 2006, 14h30

Comentários de leitores

3 comentários

Para quem não entendeu a notícia, eu explico: é...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Para quem não entendeu a notícia, eu explico: é que foi impenetrado um corpus cristie em favor do doente, que é primário no artigo e residente na cadeia.

... Uma Juíza (sic). Qual Juíza ? "Denunciad...

Iuri (Outros)

... Uma Juíza (sic). Qual Juíza ? "Denunciado" ao TED da Oab ? O processo penal tramita perante ao TED ? Ninguém assina a notícia!!!

?!?! e ???? Também !!!!

Robespierre (Outros)

?!?! e ???? Também !!!!

Comentários encerrados em 14/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.