Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quem fala mal

Brasil Telecom Celular é campeã de reclamações na Anatel

A Brasil Telecom Celular é a operadora de telefonia móvel que teve mais reclamações de clientes junto à Anatel -- Agência Nacional de Telecomunicações no mês de fevereiro. De cada mil assinantes, 2,6 reclamaram da prestação de serviços da concessionária.

O número supera em muitas vezes as reclamações em relação a outras operadoras. A Claro e a Oi Celular, que ocupam o segundo e terceiro lugares no ranking da Anatel, tiveram 0,35 e 0,25 reclamação por cada mil assinantes.

Segundo o levantamento, os maiores obstáculos encontrados pelos usuários são referentes a reparo de defeito, cobrança de contas, atendimento, desligamento, bloqueio e cancelamento de linhas, e problemas na área de cobertura.

O ranking publicado pela agência reguladora traduz as 19.382 reclamações apresentadas por assinantes à Assessoria de Relações com o Usuário no mês de fevereiro. Em janeiro foram registradas 25.726 queixas à central de atendimento.

Mas a queda de 32,7% no volume de reclamações não deve ser tão comemorada. De acordo com a Anatel, o fato de fevereiro ser um mês de 28 dias e ter o feriado do carnaval deve entrar no cálculo da baixa. A Anatel recebe reclamações pela central de atendimento no telefone 0800 332001.

Em fevereiro a base de assinantes de telefonia celular atingiu 67,4 milhões de aparelhos, com 811 mil novas habilitações.

Confira o ranking da Anatel

(reclamações por mil assinantes)

1º Brasil Telecom Celular – 2,62 reclamações

2º Claro – 0,35

3º Oi Celular – 0,25

4º TIM – 0,24

5º Vivo – 0,24

6º Triângulo Celular (CTBC) - 0,19

7º Telemig Celular/Amazônia Celular – 0,19

8º Sercomtel celular – 0,02

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2005, 21h00

Comentários de leitores

2 comentários

NOVA PRÁTICA ABUSIVA E ILEGAL POR PARTE DAS OPE...

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

NOVA PRÁTICA ABUSIVA E ILEGAL POR PARTE DAS OPERADORAS DE TELEFONIA CELULAR EM GERAL. COBRAR PARA DESBLOQUEAR CELULAR. PARA LEMBRAR OS CONSUMIDORES: As operadoras de telefonia celular criaram uma nova forma para dificultar a vida dos que querem transferir de operadora. O TAL DO DESBLOQUEIO. O consumidor vai até uma operadora e compra/habilita seu aparelho. Sai da loja feliz da vida. Depois de alguns meses, devido a algum motivo (até pelo péssimo atendimento por ex.), decide mudar seu CHIP e colocar o de outra operadora. Então começa seu martírio. A sua operadora lhe diz que terá que pagar R$ 200,00 reais para desbloquear. Mas onde está escrito isto, eu assinei algum documento tomando ciência disto? Pergunta o consumidor. Há atendente ainda tem a cara de pau de dizer que está no Código de Defesa do Consumidor ou em alguma Resolução da ANATEL. Claro, não vão te dizer o artigo pois não está em nenhum destes dois textos. Como o consumidor não lerá o CDC inteiro, acredita no que diz a operadora e acaba pagando os tais R$ 200,00. CONSUMIDORES PRESTEM ATENÇÃO!!! Se você não assinou nenhum documento, NÃO TERÁ QUE PAGAR NADA PARA DESBLOQUEAR. Cabe a operadora provar que o usuário tomou conhecimento prévio destas restrições. Provar, significa mostrar algum documento que mostre o EFETIVO/EFETIVO conhecimento prévio. NÃO PAGUEM PARA DESBLOQUEAR. Se a operadora de celular prefere não exigir sua assinatura no contrato de adesão, ela também irá correr o risco de o consumidor não pagar por algo que nem sabia. PORTANTO, SE VC NÃO ASSINOU NENHUM DOCUMENTO TOMANDO CIÊNCIA, NÃO PAGUE PELO DESBLOQUEIO. Carlos Rodrigues - Advogado Pós-Graduado em Direito do Consumidor berodriguess@ig.com.br

Eu quero cancelar a minha linha com a Oi e gost...

Bento (Economista)

Eu quero cancelar a minha linha com a Oi e gostaria de saber qual é o melhor procedimento. O meu contrato vence em fev/06

Comentários encerrados em 22/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.